O interesse do Ocidente pelas bagas de goji é relativamente recente, quando comparado com a utilização que delas é feita, desde há milhares de anos, na China, Tibete e Índia, tanto na alimentação como constituinte de fórmulas de fitoterapia da Medicina Tradicional Chinesa.

O consumo destas pequenas bagas de cor vermelha pode ser feito diretamente da embalagem ou em receitas criativas, casando o goji com frutas secas e frescas, em mueslis, chás, batidos. Pode, inclusivamente hidratar as bagas em água. Esta é excelente para beber e como base para receitas culinárias.

Entre as propriedades benéficas atribuídas às bagas de goji estão os efeitos anti envelhecimento, anti inflamatório, coadjuvante para baixar os níveis de colesterol, fortalecimento ósseo, combate à artrite, fortifica o sistema imunitário.

Tal como em tudo na alimentação, há que saber consumir as bagas de goji com moderação. Os alegados efeitos benéficos não irão aumentar só porque vai degustar doses maciças deste alimento. O aconselhável é não exceder o consumo de 45 g por dia.

Smoothie energizante de banana e quivi com bagas de goji e cacau

Descasque uma banana e um quivi grandes. Corte o talo de um aipo e separe as folhas dos talos de espinafres. Reduza as folhas de espinafre a pedaços até preencher uma chávena.

Coloque numa liquidificadora todos os ingredientes anteriores, mais o conteúdo de uma chávena de salsa, 3 colheres de sopa de bagas de goji, 2 dl de água de coco. Triture bem.

Transfira o líquido para um copo e polvilhe com uma pitada de sementes de linhaça e de chia. Sirva de imediato.

(Fonte: Prevenir)

Smoothie energizante de banana e quivi com bagas de goji e cacau

Sopa antioxidante de morango e goji

Numa tigela pequena, misture duas colheres de sopa de linhaça moída, três colheres de sopa de bagas de goji e 250 ml de leite de amêndoa sem açúcar. Deixe repousar por 15 minutos, para deixar as bagas de goji amolecerem e a linhaça engrossar.

Deite o leite de amêndoa, 300 g de morangos cortados em quartos, 140 g de iogurte grego, duas colheres de chá de essência de baunilha e duas colheres de chá de mel no liquidificador. Bata durante 30 segundos ou até a sopa ficar cremosa.

Finalize polvilhando com sementes de linhaça inteiras, para dar uma nota estaladiça de frutos secos, ou sobrepondo morangos congelados, para obter uma consistência mais espessa.

Esta sopa serve 750 ml. A dose individual indicada é de 500 ml. Conserva-se dois dias no frigorífico e oito semanas no congelador.

(Fonte: Livro  "Souping")

Sopa antioxidante de morango e goji

Sopa de tomate com bagas de goji

Pique duas cebolas e três dentes de alho e refogue numa panela com um fio de azeite e uma folha de louro.

Adicione 400 g de tomate maduro, quatro batatas cortados em pedaços e 100 g de polpa de tomate. Junte água que cubra todos os ingredientes e deixe ferver. Verifique a necessidade de ir acrescentando mais água durante a fervura.

Após os legumes estarem cozidos, retire a folha de louro, tempere com sal, a pimenta uma colher de café de açúcar (para regular a acidez do tomate).

Triture e leve a ferver novamente, adicionando 100 g de espinafre.

Sirva com 50 g de pinhão tostado e 50 g de bagas de goji.

(Fonte: Blogue “Saliva”)

Sopa de tomate com bagas de goji

Panquecas salgadas com requeijão e bagas de goji

Coloque no liquidificador 150 ml de bebida de amêndoa ao natural sem açúcar, três colheres de sopa de Farinha de trigo-sarraceno, uma colher de sopa de sementes de chia, 100 g de batata-doce cozida, reduzida a puré, 200 g de espinafres frescos cozidos, um ovo grande. Disponha primeiro os ingredientes líquidos e, por último, os sólidos. Misture de modo a obter uma massa com uma textura homogénea.

Leve ao lume uma frigideira antiaderente com 1 dl de azeite extra virgem e, quando estiver quente, disponha uma pequena porção de massa na mesma. Deixe cozinhar até começar a formar pequenas bolhas de ar e a superfície da massa em contacto com a frigideira estiver firme, vire a panqueca e deixe cozinhar do outro lado. Repita o mesmo procedimento até terminar a massa.

Sirva as panquecas barradas com requeijão, usando cerca de 25 g a 30 g de requeijão por panqueca. Acrescente algumas bagas de goji (cerca de um punhado pequeno para cada panqueca) e polvilhe com pimenta. Sirva de imediato.

(Fonte: Prevenir)

Panquecas salgadas com requeijão e bagas de goji

Queques de aveia, mirtilos e bagas de goji

Ligue o forno a 180 ºC e unte formas pequenas com creme vegetal. Lave meio limão com a casca, retire-lhe as pevides e corte-o em pedaços. Deite-os depois no liquidificador, junte 140 g de queijo fresco, três ovos, duas colheres de sopa de óleo de girassol e três colheres de sopa de açúcar amarelo e triture bem até obter uma mistura cremosa. Retire e deite para uma tigela.

Adicione 200 g de farinha de aveia, uma colher de café de fermento e uma colher de café de canela em pó e bata muito bem. Junte três colheres de sopa de bagas de goji, 150 g de mirtilos e misture. Divida a massa pelas formas, sem encher demasiado e leve ao forno durante 20 minutos. Verifique a cozedura com um palito, retire e deixe repousar. Depois desenforme e sirva frios.

(Fonte: Teleculinária)

Queques de aveia, mirtilos e bagas de goji

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.