O jantar a 3 de novembro retrata uma das épocas áureas da economia insular, através da exportação de laranjas para o Reino Unido, no período de 1830 a 1870. “Grande parte desta exportação destinava-se a Inglaterra e é para lá que traçamos a nossa rota, levando a laranja e trazendo a caça para a mesa e para a prova, aproveitando também a época estival de outono que nos traz sabores e texturas muito próprios”, explica o chef José Gala.

A perdiz, a lebre, o faisão, o veado, o javali e, claro, a laranja serão os embaixadores deste banquete. O menu especial percorre cinco momentos acompanhados por um roteiro vínico pensado pelo chef de sala Acácio Oliveira, que nesta quinta viagem encontrou um parceiro vínico com uma tradição vinícola que vai na quarta geração, a Família Cardoso, de Palmela, e cujos vinhos são fruto de lotes escolhidos entre os 200 hectares de vinhas nos melhores terroirs.

Em representação da Quinta do Piloto, Filipe Cardoso vai participar no jantar contribuindo para a difusão de saberes sobre os néctares desta casa que se tem vindo a distinguir nacional e internacionalmente. A Quinta do Piloto vai trazer uma gama de vinhos para casar nesta Rota, entre eles, o Moscatel de Setúbal.

Ciclo da Laranja dos Açores para Inglaterra inspira jantar em cinco momentos
créditos: Balcony Restaurant

O jantar começa com Ninho de lebre com mousseline de marmelo e ananás para amuse-bouche, acompanhado por um copo de Quinta do Piloto Collection Síria, seguindo-se um Creme de castanha assada com perdiz vermelha em escabeche e crumble de alheira de caça, servido com Quinta do Piloto Espumante Extra Brut Reserva.

O primeiro prato continuará a dar destaque à caça, sugerindo-se Faisão braseado com aveludado de abóbora assada e canela de Ceilão, figo e uva, jus de foie gras e creme de vinagre balsâmico, que casa com um Quinta do Piloto Coleção da Família Branco. Já o segundo prato será Lombo de veado com risotto envelhecido de míscaros com Quinta do Piloto Coleção da Família Tinto, para complementar. Por fim, para sobremesa, o chef criou O Abade Priscos da caça, com papo de anjo de whisky e doce da rota dos citrinos que será servido com o famoso Quinta do Piloto Moscatel Superior 10 Anos.

O jantar tem o seu início às 19h30 e tem o custo de 85 euros por pessoa. As reservas são limitadas a 70 pessoas, com pré-pagamento, através do telefone 296 302 200 ou do e-mail ghaa@bhc.pt

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.