João Rodrigues, chefe de cozinha no restaurante Feitoria (uma estrela Michelin) e mentor do Projecto Matéria de recolha de produtos nacionais e preservação do território, vai convidar Aitor Arregui, chefe do Elkano, restaurante basco especializado em peixe e considerado pelo The World’s 50 Best o 30º Melhor Restaurante do Mundo. João Rodrigues e Aitor Arregui vão encontrar-se com Jorge Raiado, da Salmarim, e com o apoio da Nutrifresco vão sair para o mar e decidir de véspera o menu que será servido em dois jantares, nos dias 27 e 28 de junho.

A matiné, na Salina do Moinho das Meias, começa às 16h00 nos dois dias, com uma visita pelas salinas, seguida de um jantar com vinhos do Morgado de Quintão, produtor algarvio, em Lagoa.

Caberá a Jorge Raiado levar os convidados numa visita guiada pela salina e explicar tudo sobre o sal, a sua história, variedades e a sua forma de produção.

Aitor Arregui nasceu na Getaria em 1971, passou a infância mergulhado nos negócios da família e são três as imagens gravadas com sangue e fogo na sua memória e que o marcaram: Pedro, o seu pai, na churrasqueira, a mãe Mari José, na sala do restaurante e a avó Joxepa, incansável na cozinha do bar. A relação profunda com a sua família, em especial com seu o pai, onde a transmissão de uma “filosofia” e de um “saber fazer” eram palavras de ordem, foram determinantes na sua entrega ao Elkano, tornando-o no seu projeto de vida.

Estávamos em 2007, o ano da reviravolta de Jorge Raiado, com a estreia no papel de pai e de salineiro. O trabalho centrava-se na salina de um hectare que o pai de Sandra Madeira, a mulher, tinha comprado. Desde então, o sal – “moeda” de pagamento dos soldados da Roma Antiga que, devido aos seus benefícios, era considerado uma dádiva divina – passou a negócio. Mas Jorge Raiado queria ir mais além: “andámos sempre à procura do que não havia no mercado, queríamos aquilo que não havia.

Apostando nesse predicado, Jorge recorreu à Universidade do Algarve e quis ver melhorias no processo de produção, de modo a desenvolver a qualidade do seu produto. De salineiro comum, Jorge passou a ser mais seletivo, dando preferência à fina flor da flor de sal, no Moinho das Meias, na Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, localizado no sotavento algarvio.

Chefe de cozinha João Rodrigues, com uma estrela Michelin, chega ao Time Out Market
créditos: fabricedemoulin.com

João Rodrigues começou a trabalhar na Bica do Sapato, integrou a equipa do restaurante Pragma (Casino Lisboa), passando ainda pelo Ritz. Em 2007 ganhou o prémio de "Chefe Cozinheiro do Ano", tendo integrado em seguida a equipa que abriu o Feitoria, juntamente com o chefe Cordeiro. Em 2014, assumiu os comandos do Feitoria (estrela Michelin durante oito anos consecutivos), onde pratica uma cozinha de respeito pelo produto e produtores nacionais, segundo a sua sazonalidade.

O Matéria é um projeto sem fins lucrativos, desenvolvido pelo chefe João Rodrigues, que pretende promover os produtores nacionais com boas práticas agrícolas e produção animal em respeito pela natureza e meio ambiente, enquanto elementos fundamentais da cultura portuguesa.

A participação na ação fica nos 130 euros por pessoa. As reservas podem ser efetuadas através do e-mail  geral@projectomateria.pt

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.