O estilista americano não apresentava uma coleção nas passerelles de Nova Iorque há três anos, assim como outros grandes nomes da moda, entre eles Ralph Lauren e Calvin Klein.

"Começamos a marca em Nova Iorque, é a minha casa", disse Hilfiger à AFP, explicando a sua decisão em regressar.

Embora conceda a Paris a distinção de capital mundial da moda, o designer afirma que Nova Iorque é o epicentro da "cultura pop, moda ou música, entretenimento, celebridade".

O desfile de domingo foi inspirado em Andy Warhol, apelidado por Hilfiger como o rei da arte pop mundial.

Embora a maioria das marcas esteja a apresentar as suas coleções primavera-verão 2023, a Tommy Hilfiger optou por mostrar uma coleção de outono que refletia melhor as mudanças climáticas atuais – e também permitia que os espectadores comprassem itens em tempo real.

De volta aos básicos

Chuvas persistentes ameaçavam o desfile o ar livre, nas margens do East River, enquanto a neblina obscurecia os arranha-céus de Manhattan.

Mas entre um DJ, a performance de uma drag queen e com Travis Barker na bateria, o público presente distraiu-se da chuva.

Enquanto um remix do último sucesso de Beyoncé, "Break My Soul", com "Vogue" de Madonna tocava, Hilfiger introduziu um regresso à forma, com novas versões das sweats e polos às riscas horizontais e dos grandes casacos xadrez.

Para 'acessorizar' os clássicos, o diretor-criativo apresentou uma linha lúdica de gravatas, luvas de manga comprida, lenços e colares pesados, que enfeitaram o desfile que apostou na diversificação de modelos que abrangeu todos os géneros e tipos de corpo.

"Voltei ao meu arquivo com a minha equipa de design", disse o criador da marca que faz parte do grupo alemão PVH, cujas vendas globais atingiram os 9,3 mil milhões de dólares em 2021.

"E pegamos tudo o que era ótimo há 25-30 anos e tornamos isso relevante para hoje."

Metaverso

As novidades de domingo incluíram um novo monograma Hilfiger, embora o logotipo icónico da marca ainda esteja em circulação.

E para adicionar um toque final de modernidade, um desfile virtual paralelo aconteceu simultaneamente no metaverso, na plataforma de videogame Roblox -  povoada por avatares.

"Se olharmos para os milhões de jogadores espalhados pelo mundo - muitos deles na Ásia, a propósito - estamos a alcançar um público que normalmente não alcançariamos através da moda física", disse Hilfiger.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.