Quando foi lançada a primeira edição de setembro e que tipos de conteúdos aborda?

A primeira edição de setembro da Vogue foi lançada em 1893 e, apesar das mudanças que ocorreram ao longo dos anos, a revista de moda sempre teve a mesma preocupação: funcionar como uma espécie de guia sobre tudo aquilo que os leitores precisam de saber sobre a nova estação.

“Forecast of Autumn Fashions” (1917) “Autumn fabrics and original designs” (1928), “Paris Openings 1” (1936) e “Ready-to--wear Collections” (1945) são alguns dos títulos dos primeiros números da revista que no ano passado completou 125 anos de existência.

Nas palavras da Condé Nast, responsável por editar a revista desde 1909, “a Vogue faz uma imersão no mundo da moda, guiando os leitores face aquilo que está prestes a acontecer. Provocadora, relevante e sempre influente, a Vogue define a cultura da moda”.

Qual o seu objetivo e porque razão é considerada a edição mais importante do ano?

Em grande parte deve-se ao facto de o mês de setembro simbolizar um novo começo: estamos perante o início de uma nova estação, o retorno ao trabalho depois das férias de verão e o início de um novo ano letivo para muitas famílias. Ou seja, não é por acaso que Candy Pratts Price, Executive fashion director da Vogue, tenha afirmado que "setembro é o janeiro da moda".

“A edição de setembro tornou-se num evento e pessoas que não imaginamos a folhear a Vogue regularmente abordam-me na rua ou numa festa e dizem ‘Gostei muito daquela capa ou da edição de setembro’. Acho que tem um grande alcance. Em grande parte devido ao sucesso do documentário do R.J. Cutler, ‘The September Issue’. É uma edição que as pessoas aguardam com expectativa face a todas as outras e, para nós, da revista, é a edição da qual mais nos orgulhamos, na qual mais trabalhamos e que exige mais criatividade”, referiu Anna Wintour num podcast da Vogue a propósito da sua 27ª september issue que teve como protagonista a cantora Beyoncé (2015).

A revista, que começou por ser uma publicação semanal e depois quinzenal aquando da compra pela Condé Nast, só passou a ser publicada todos os meses em 1973. Após a implementação desta mudança, a edição de setembro passou a ser lançada em meados do mês agosto e destaca-se pelo grande volume de páginas.

Vogue. Os momentos mais marcantes

1892: Lançamento do primeiro número da revista fundada por Arthur Baldwin Turnure. Começou por ser uma publicação semanal, focada em moda e sociedade. Só em 1909 se torna quinzenal, com a compra por parte da Condé Nast.

1932: Publicação da primeira capa a cores. O pintor surrealista Salvador Dalí assinou três capas da revista.

1943: Irving Penn entra para a revista onde passou 66 anos da sua vida. Ao longo da sua carreira, fotografou 165 capas da Vogue.

1965: O fotógrafo Richard Avedon entra para a revista. Realizou a sessão fotográfica mais cara da história da Vogue: 7 milhões de doláres.

1966: Lauren Hutton protagoniza a sua primeira capa. É a modelo britânica com mais capas na Vogue americana: 26.

1971: Pela primeira vez, a revista patrocina o famoso Met Ball.

1973: A revista passa a ser mensal.

1974: Beverly Johnson faz história ao ser a primeira negra a aparecer na capa.

1988: Anna Wintour assume o comando. No ano seguinte dá que falar por escolher Naomi Campbell para protagonista da edição de setembro.

1992: No 100º aniversário é lançada uma capa protagonizada por 10 supermodelos. É o número mais vendido de sempre.

2004: É criado o concurso CFDA/Vogue Fashion Fund que tem como objetivo premiar novos designers. O vencedor desenha uma coleção para uma marca de renome.

2009: Primeira edição do Vogue Fashion's Night Out.

2014: Kim Kardashian e Kanye West fazem história ao serem o primeiro casal interacial a aparecer numa edição. É também uma das capas mais controversas da publicação.

2017: Pela segunda vez, Jennifer Lawrence é escolhida para protagonizar a edição de setembro. A propósito dos 125 anos, são lançadas quatro capas diferentes.

2018: Aos 23 anos, Tyler Mitchell é o primeiro fotógrafo negro a assinar uma capa.

Fonte: Vogue e Condé Nast

Quanto tempo demora a preparar?

É planeada com seis a oito meses de antecedência e sempre com a supervisão de Anna Wintour e de toda a sua equipa. No documentário ‘The September Issue’ é possível ver que tudo é pensado ao milímetro: desde o orçamento disponível, às histórias e diversos editoriais que vão integrar a revista. Uma das primeiras coisas a ser definida é a personalidade que irá protagonizar a capa da edição, seguindo-se uma reunião com o fotógrafo escolhido para o efeito onde se discute o local e o mood pretendido.

Mais tarde, Anna Wintour e o seu grupo de trabalho ficam encarregues de realizar um fitting com a protagonista. O objetivo é decidir os looks e os penteados que melhor se adequam para a sessão fotográfica.

Enquanto isso, a restante equipa fica encarregue de dissecar as coleções da estação e discutir, em reuniões editoriais, quais as tendências que vão integrar o número de setembro. Nos escritórios da revista existe um quadro magnético onde são colocados os diversos editoriais pensados para a edição e que Anna Wintour vai supervisionando e fazendo as alterações necessárias até à data de fecho da edição.

Para além disso, é ainda criada uma mini réplica da edição de setembro que contém tudo aquilo que supostamente deverá aparecer nas páginas da revista. A réplica é impressa e entregue a Anna Wintour que fica encarregue de supervisionar tudo e colocar as devidas notas. Como referiu Candy Pratts Price, Executive fashion director da Vogue no famoso documentário, “vai ser sempre o ponto de vista da Anna. A Vogue é a revista da Anna e é isso que lhe dá credibilidade."

Qual a edição com mais páginas?

De todas as edições lançadas até ao momento, a de setembro de 2012 detém o recorde de maior número de páginas: ao todo são 916, o que se traduziu em dois quilos de revista. Lady Gaga foi a grande protagonista da edição de setembro desse ano tendo sido fotografada pela dupla Mert Alas e Marcus Piggott. O styling ficou a cargo de Grace Coddington, que até 2016 ocupou o cargo de diretora criativa da Vogue.

Qual a personalidade que mais vezes apareceu na edição de setembro?

Desde que se tornou uma edição mensal, Linda Evangelista é a mulher e supermodelo que mais vezes apareceu na edição de setembro da revista (1991, 1993, 1997 e 2001). As modelos Lauren Hutton (1974 e 1975), Patti Hasen (1976 e 1977), Kim Alexis (1980 e 1984), Amber Valletta (1995 e 1996) e Kate Moss (1996 e 2011) vêm em seguida com duas capas no currículo para a edição americana.

Quando o assunto são estrelas da música e do cinema, Isabella Rosellini (1982 e 1985), Jennifer Lawrence (2013 e 2017) e Beyoncé (2015 e 2018) são as mulheres que mais vezes apareceram na famosa edição de setembro.

Recorde-se que Anna Wintour foi das primeiras editoras de moda a compreender o alcance e potencial do fenómeno da cultura das celebridades e a incorporar isso na revista. “A Anna anteviu este fenómeno da cultura das celebridades muito antes de toda a gente e, apesar de odiar, tenho de admitir que ela estava certa. Não podemos ficar atrás de ninguém e temos de continuar em frente. Ela fê-lo e a revista é muito bem sucedida por causa isso”, explicou Grace Coddington durante o documentário ‘The September Issue’.

O que já se sabe sobre a edição de setembro de 2018?

Pela segunda vez, Beyoncé é a estrela da edição de setembro fazendo história por duas razões: ser a primeira a ter total controlo sobre a edição, e não Anna Wintour, e pelo facto de, pela primeira vez na história da Vogue, a publicação ter um fotógrafo negro a fazer a capa. A escolha, claro, foi da própria Beyoncé, ou não tivesse o controlo desta edição que chega às bancas dia 21 de agosto.

Até ao momento não se sabe o número de páginas da edição de setembro que está a dar que falar pela entrevista reveladora que a cantora norte-americana concedeu à publicação e onde aborda diversos temas da sua vida.

Recorde as últimas 12 edições de setembro da revista liderada por Anna Wintour.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.