Tudo começou com a criação da Fondazione Prada, paragem obrigatória para quem visita hoje Milão, onde convidadou o realizador de cinema Wes Anderson (que dirigiu filmes como O Grande Hotel Budapeste, o último e mais falado) para conceber o décor do Bar Luce — e ele fez um excelente trabalho, inspirado nos grandes cafés milaneses. Mais tarde, após a compra de 80 por cento da histórica Pasticceria Marchesi pelo Grupo Prada, ela encarregou o arquiteto Roberto Baciocchi de reformar o número 9 da Via Monte Napoleone para instalar uma sucursal da casa. A Marchesi 2 abriu não há muito e já é um dos lugares mais procurados na capital lombarda.

Tanto a original, inaugurada em 1824 e que se mantém no mesmo endereço (Via Santa Maria alla Porta, no bairro de Magenta), como a sucursal são geridas pela família fundadora (que já vai na terceira geração) e não alteraram as suas especialidades — tudo feito à mão e deliciosamente antiquado, com destaque para o Pantone de Natal (vendido todo o ano), o bolo de polenta servido pela manhã e os chocolates artesanais.  O que muda é o ambiente e a vizinhança. Via Monte Napoleone fica no quadrilátero mais luxuoso de Milão e a nova pastelaria é, por si só, um belíssimo embrulho que, ao ser aberto, revela linhas retro, colunas, veludos, chão e tampos das mesas em mármore, vitrinas translúcidas e um verde-pistácio dominante. Em poucas palavras, tradição e modernidade — bem ao gosto de Miuccia.

Por João Miguel Simões (follow me on Instagram @jmigsimoes)

Pasticceria Marchesi | Itália, Via Monte Napoleone 9, Milão. De segunda-feira a domingo, das 07h30 às 21h00.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.