A edição de setembro da revista Vogue, considerada por muitos a mais importante do ano, por significar a rentrée do mundo da moda, terá este ano uma capa histórica. A editora-chefe da publicação, Anna Wintour, elegeu Beyoncé para ser a grande protagonista e, de forma nunca antes vista, deu-lhe o poder de escolher o fotógrafo que irá fazer o trabalho, que fotos serão usadas e as legendas das mesmas.

Anna Wintour e Vogue. Um reinado que pode estar (muito) perto do fim
Anna Wintour e Vogue. Um reinado que pode estar (muito) perto do fim
Ver artigo

A decisão de Anna Wintour deixou a imprensa e os fãs da publicação surpresos uma vez que sempre foi a editora a ter total controle sobre a revista, escolhendo até as roupas usadas pelos ‘modelos’ nas capas. Normalmente, as pessoas eleitas para protagonizar as várias edições da revista, recebem pouca ou nenhuma informação sobre as suas fotos, contou uma fonte ao HuffPost.

Porém, os factos inéditos não ficam por aqui. Ao ter a oportunidade de escolher o fotógrafo que irá conduzir a sessão, a cantora escolheu o jovem fotógrafo Tyler Mitchell – o primeiro fotógrafo negro a fazer uma capa da Vogue em 126 anos de história.

Beyoncé, que já tinha sido destaque na revista em 2009, 2013 e 2015, optou, tal como na última edição em que foi capa, por não conceder nenhuma entrevista à revista.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.