Nos dias que correm, as mulheres estão, de facto, a envelhecer muito cedo e a um ritmo muito acelerado, devido a causas que poderão estar presentes no seu dia a dia. A frustração surge quando reparam nos primeiros sinais de envelhecimento precoce: rugas, pele seca e sem brilho, cabelo fraco, corpo flácido, falta de memória e energia.

O envelhecimento não tem que estar associado à decadência, perda de vitalidade e ausência de beleza. "O envelhecimento é um fenómeno natural e que, em vez de ser temido, deveria ser aceite e honrado como fazendo parte do nosso ciclo de vida – nascemos, crescemos, envelhecemos e morremos", diz Francisca Guimarães.

A autora do site misskale.pt, defende que o nosso corpo foi desenhado para estar saudável, desde o momento em que nasce até ao momento em que morre. No workshop de Antiaging e Longevidade que a bloger dará no Open Mag Porto poderá aprender quais são as principais causas que levam ao envelhecimento e o que pode fazer para ajudar a desacelerá-lo, reconquistando a sua juventude, beleza e níveis de energia.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.