Para a primavera/verão 2022, Constança Entrudo convida-nos para uma apresentação que explora a relação entre a palavra escrita e a forma visual. Nesta coleção, Constança desenvolveu uma nova instalação multimédia composta por cinco elementos: têxteis, performance, som, escultura e poesia visual. Com esta performance, Constança pretende privilegiar um momento no tempo — criar um glitch — num mundo onde tudo acontece num agora agora agora agora agora agora.

O resultado é uma coleção profundamente pessoal, na qual poemas visuais escritos em colaboração com a artista Isabella Toledo aparecem por meio desses temas de fragmentação e distorção e tecidos feitos à mão que se desfazem e interagem com o design do cenário de forma ilusória e lúdica.

Não devemos esquecer a influência da poesia concreta dos anos 60, inspirada em manifestos e poemas de europeus e brasileiros, bem como a vibrante cena artística internacional de Nova Iorque, os protestos anti-guerra e pró-direitos civis e o fascínio da cultura popular pelos sistemas e Tecnologia. A poética literária reduz a linguagem a um sistema de código semiótico eloquente e linguagem visual universal.

Veja as imagens da coleção:

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.