Com foco na sustentabilidade, Ricardo Andrez inicia uma procura contínua de tecidos em dead stock, sendo este o primeiro passo para aquilo que é uma urgência e uma consciência social, sem nunca perder traços de identidade.
A marca não procura ser apenas visualmente apelativa, mas também diminuir e debater-se sobre o seu próprio impacto.

Veja as propostas da marca e da designer para a próxima primavera/verão 2020:

Imagens: Ugo Camera/ModaLisboa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.