As varizes são como bolsas onde o
sangue se acumula provocando
problemas de circulação sanguínea.


O seu aparecimento pode estar
relacionado com vários factores, nomeadamente genética, alterações hormonais,
gravidezes.

Todas as varizes tendem
a aumentar em tamanho
e número.

Prevenir o seu desenvolvimento
é, por isso, fundamental
porque, para além de evitar
complicações posteriores, o tratamento em
fases iniciais é muito mais fácil,
cómodo, rápido e eficaz.

Flebectomia

Hélder Silvestre, cirurgião plástico, especialista da Clínica MyMoment, explica que «o sistema venoso, ao longo
dos anos, devido à nossa posição de bípedes, sofre um desgaste acentuado que
outras zonas do corpo não sofrem. Daí o aparecimento de derrames, varicosas,
inchaço, entre outros». Para este caso, a solução apresentada pelo cirurgião plástico é a flebectomia.

«Quando
existe uma insuficiência valvular do sistema venoso, o tratamento tem que ser sempre
cirúrgico e consiste na remoção dos eixos venosos afectados», sublinha o especialista. Esta cirurgia poderá custar entre 500 € e 4000 €, consoante o número e tamanho das varizes a tratar.

Escleroterapia

Este é outro dos métodos a que pode recorrer para solucionar este problema. Consiste na injecção de um produto esclerosante dentro da veia. É uma técnica pouco
invasiva que apenas melhora o aspecto externo (não trata a origem do problema).

De acordo com Hélder Silvestre, o tratamento mais eficaz para as varizes mais finas ou para complementar o tratamento
cirúrgico de algumas varizes tronculares e o seu preço varia entre 125 € e 300 € por sessão, consoante o número de veias a tratar.

Texto: Madalena Alçada Baptista

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.