Essas lesões dérmicas eram consideradas irreversíveis e podem estar presentes em qualquer parte do corpo, porém nas mulheres aparecem principalmente na região glútea, seio, abdómen e coxas, tendo maior probabilidade por questões hormonais ou até mesmo genéticas. Devido a falta de elasticidade suficiente para acompanhar certos processos de transformação corporal como a gravidez, mudanças bruscas de peso, crescimento rápido na adolescência, uso de medicações (corticóides, principalmente) e por algumas doenças (principalmente, doenças endócrinas).

As estrias atingem cerca de 80% das mulheres, assim como parte dos homens e são divididas em fases que denominam o tipo de cada lesão:

Estrias avermelhadas: são as mais recentes, possuem essa coloração devido a recente rutura das fibras com extravasamento sanguíneo.

Estrias arroxeadas: momento em que a lesão se alonga, mas ainda considerada recente.

Estrias brancas: nessa fase a lesão já está completamente cicatrizada. O tratamento de estrias, cicatrizes e quelóides têm por objetivo eliminar o tecido fibroso substituindo-o por células novas, provocando o processo de renovação do tecido fissuro, restabelecendo a elasticidade e o aspeto saudável da pele. Esses tratamentos podem ser tópicos (cremes contendo ácidos, peelings, infiltração de substâncias, dermoabrasão peeling com cristais ou diamante, laser), dependendo da gravidade do caso. Na maioria das vezes, os resultados estéticos são muito satisfatórios associados a um programa de mudança do estilo de vida e dieta alimentar.

Previna o seu aparecimento:

Recomenda-se que faça peelings corporais são 2x por semana, estes farão uma esfoliação vigorosa. O uso de cremes à base de vitamina A ou E, óleo de Germém de trigo e extrato de uva, estes hidratam profundamente, acelerando também a renovação celular. O uso de protetor solar é obrigatório.

Carla Alves
Spa Trainer - Training Academy Portugal

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.