Um sorriso branco é sempre mais agradável
do que um amarelado pelo tabaco ou acinzentado pela ingestão de alguns medicamentos.

Se está cansada de esconder o seu sorriso, chegou o momento de mostrá-lo, com orgulho.

Conheça as alternativas ao seu dispor.

O que determina a cor
dos dentes

Os dentes podem chegar a ter uma infinita variedade
de cores por diferentes motivos, mas a genética desempenha, sem dúvida, um papel fundamental na sua tonalidade. A cor tende a escurecer com o passar dos anos e vai do amarelo ou cinzento, passando pelo cinza pérola e o marfim.

Podemos dizer que a cor dos dentes é uma característica inata, como a cor da pele. Se à genética adicionarmos a falta de higiene
oral, o abuso do tabaco ou álcool e o consumo
de determinados fármacos (como os antibióticos com tetraciclinas), o problema agrava-se irremediavelmente, já que estas substâncias aceleram o processo natural de escurecimento.

O que é o branqueamento dentário

Truques caseiros como esfregá-los com bicarbonato
passaram à história. O branqueamento profissional
consiste na aplicação de um agente branqueador
na superfície dos dentes que provoca a alteração da sua cor para vários tons mais claros.

O branqueamento dentário é um tratamento que permite tornar os dentes mais claros, mais brancos,
e apagar manchas ou pigmentações que afectam
esteticamente o sorriso.

«O branqueamento é, muitas vezes, o método eficaz e pouco invasivo
para iluminar o sorriso», explica Mário Rodrigues,
médico dentista e director clínico da Conceito
Oral, no Porto.


Tipos de manchas

As manchas que se depositam nos dentes
podem ser causadas por diferentes motivos:

Manchas por tetracicilinas
Estes antibióticos fixam-se no tecido dentário e ósseo,
escurecendo os dentes com tons que variam do cinzento ao castanho. Por isso, as tetracicilinas estão contra-indicadas, especialmente durante os três primeiros anos de vida, a não ser que a saúde do paciente o exija.

Manchas por flúor
Produzem-se por uma ingestão excessiva de fluor. Pode provocar desde pequenas manchas brancas até manchas de cor de café com alterações
na estrutura do esmalte.

Manchas por corantes
Taninos do chá, café, nicotina, corantes alimentares...
Se houver uma adequada limpeza, as manchas
não chegam a instalar-se, mas se esta não for correcta, podem manchar permanentemente os dentes, pois com o passar do tempo fixam-se e vão escurecendo devido a determinadas reacções
químicas. Estas manchas respondem muito bem ao branqueamento dentário.


Veja na página seguinte: A técnica explicada passo a passo

A
técnica passo a passo

De acordo com Mário Rodrigues, «o branqueamento deve ser precedido de uma observação clínica criteriosa feita por um médico dentista, de forma a avaliar a ausência de
contra-indicações, tais como cáries ou problemas gengivais».

Para além disso, antes de iniciar o tratamento, deverá ser feita uma higienização para remover a placa bacteriana.

Existem basicamente duas técnicas de branqueamento, feito no consultório e feito em casa.

«Ambas são importantes
e complementares», refere o director da Conceito Oral, que utiliza as duas técnicas combinadas, por «oferecer
resultados que se mantêm por mais tempo» (este procedimento
combinado ronda os 650€).

Branqueamento no consultório

Existem vários processos, mas todos eles assentam na aplicação de um gel de branqueamento nas superfícies dentárias, podendo este ser activado com luz halogénea,
laser ou LED. De acordo com o médico dentista Mário Rodrigues, «a utilização de produtos de branqueamento
exige uma aplicação cuidada para não danificar
os tecidos bucais, pelo que só deverá ser feita por um profissional de Saúde Oral».

O procedimento demora aproximadamente uma hora, com renovação da aplicação de gel durante a consulta. Contudo, «uma só consulta é, muitas vezes, insuficiente para resultados espectaculares, pelo que gostamos de repetir até nos sentirmos
totalmente satisfeitos», refere Mário Rodrigues.

Poderão, então, ser entregues moldeiras ao paciente para fazer manutenção
em casa, de forma a complementar o resultado. Preço aproximado: 600€

Branqueamento em casa

Para este procedimento são feitos uns moldes dos dentes do paciente para construir as moldeiras de branqueamento.
Estas deverão ser usadas em casa, juntamente com o gel de branqueamento, em concentrações inferiores às que se utiliza em consultório.

As moldeiras são preenchidas com o gel e, consoante a concentração utilizada, colocadas na boca por algumas horas ou mesmo durante a noite, cerca de 15 dias. «Mais uma vez, poderemos aumentar este prazo, para conseguir resultados mais satisfatórios», explica Mário Rodrigues. Preço aproximado: 350€

Contra-indicações

Para poder realizar o branqueamento os dentes devem estar
saudáveis. Portanto, está contra-indicado nos seguintes
casos:

- Dentes sensíveis

- Retracção da gengiva

- Traumatismos dentários

- Defeitos no esmalte ou perda importante do esmalte

- Gretas ou fissuras

- Cáries

- Doença periodontal por tratar

- Pigmentação provocada por corrosão de amálgamas,
um material que se empregava habitualmente para fazer obturações

- Compósitos (pasta empregue para realizar obturações)
mal ajustados

- Dentes com grandes restaurações ou obturações repetidas

- Dentes muito escuros

- Morfologia dentária anómala

- Em mulheres grávidas ou que estejam a amamentar, diabéticos, cardíacos e menores de 14 anos, consultar
previamente um especialista


Veja na página seguinte: Onde fazer

Recomendações

Durante o tratamento, deve evitar o consumo de bebidas
com gás e qualquer produto ou alimento que possa produzir manchas, já que, neste período, os dentes são especialmente propensos a captá-las, nomeadamente alimentos ácidos (ananás, quivi, citrinos...), espinafres, vinho tinto, colas, etc.

Durante o tratamento, poderá existir sensibilidade dentária (reversível). Nessa eventualidade, «poderemos
utilizar produtos dessensibilizantes
ou reduzir a frequência de tratamento ou a percentagem de gel de branqueamento consoante o caso», explica o médico dentista Mário Rodrigues.

As manchas externas que podem ir aparecendo com o passar do tempo poderão ser eliminadas mediante higienizações dentárias ou o uso de pasta de dentes branqueadora.


Contactos úteis

Conceito Oral
Clínica Dr. Mário Rodrigues
Av. da Boavista 2881, 1º sala 6. 4100-136
Porto
Telefone: 225 321 100
Internet: www.conceitooral.com

Centro de Dentisteria Computorizada Dr. José Barão
Campo Grande 28, 1º A
1700-093 Lisboa
Telefone: 217 986 974
Internet: www.cdc.pt

Clínica Luso-Espanhola
Rua da Venezuela 139, r/c
4150-744 Porto
Telefones: 226 009 494 / 225 432 321/22/23
Internet: www.clinicalusoespanhola.com

Vital Dent
Clínicas de Norte a Sul do País. Para saber qual o centro mais perto de si, ligue para o 707 501 030 ou vá a www.vitaldent.com

Clínica Dentária da Lapa
Rua São Domigos à Lapa,11 - r/c
Lisboa
Telefone: 213 962 727

Texto: Joana Martinho

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.