Se lhe agrada a ideia de oferecer aos convidados do seu casamento um pouco da tradição que este nosso jardim à beira-mar plantado tem para oferecer, vamos ajudá-lo. O ideal é escolher lembranças que representem Portugal e constituam uma recordação agradável, não só para os entes queridos portugueses, mas – e sobretudo! - para os eventuais convidados de outras nacionalidades que irão celebrar consigo o grande dia!

1. Bastidores de madeira bordados

Vai casar? Lembranças tipicamente portuguesas que pode oferecer aos convidados
créditos: Zinga

Comecemos com um clássico. Rendas e bordados são uma tradição portuguesa em várias regiões do país. Por isso, seja em forma de dedicatória ou uma simples recordação do casal, por que não adaptar esta tradição em pequenos e elegantes bastidores de madeira?

2. Lembranças de cortiça

Vai casar?
créditos: Bijoux Brinde

 A cortiça é um dos produtos naturais mais característicos de Portugal e faz parte do nosso dia a dia sem que nos apercebamos disso. Adapte este material a pequenas lembranças: caixinhas, porta-chaves e canetas em cortiça são algumas sugestões.

3. Conservas portuguesas

Para os casais amantes da boa gastronomia, as conservas em latas personalizadas podem ser uma excelente opção. Difícil será escolher que tipo pretende: sardinhas com tomate, filetes de cavala com picante, polvo em azeite, etc. O que interessa é que qualquer uma destas latinhas vão, certamente, deliciar os seus convidados.

4. Azulejos

Vai casar? Lembranças tipicamente portuguesas que pode oferecer aos convidados
créditos: CRIVART- Genuine soul, LDA

O azulejo português é outra das nossas opções, não só para as lembranças de casamento, mas enquanto tema de casamento. É um padrão excecional: fica maravilhoso nos convites, nos menus de casamento, no seating plan, nos marcadores de mesas, nas toalhas e até no bolo de casamento! E, claro, pode ser a lembrança portuguesa perfeita. Opte por mini azulejos com os vossos nomes ou iniciais, acompanhados pela data do casamento ou adapte o padrão a qualquer objeto, quer em tecido - saquinhos de cheiro, por exemplo – ou cerâmica, como frasquinhos com óleos essenciais ou azeite. A imaginação é o limite.

5. Mini garrafinhas de licores

Vai casar? Lembranças tipicamente portuguesas que pode oferecer aos convidados
créditos: Casa da Estação

Os licores são outra das nossas riquezas gastronómicas que temos para oferecer. Pode optar pelo famoso Licor Beirão, mas uma ginginha de óbidos com copos de chocolate também não é uma má ideia! Mas há mais: licor de amora, de bolota, de poejo, de café, de medronho e mel, amêndoa amarga... a escolha é bem alargada. Inspire-se, por exemplo, na receita mais típica da sua região e surpreenda.

6. Lenço dos namorados

Vai casar? Lembranças tipicamente portuguesas que pode oferecer aos convidados
créditos: CRIVART- Genuine soul, LDA

Conhece o lenço dos namorados? Apesar de ter origem no Minho, tornou-se num dos símbolos do amor e da paixão em Portugal, outrora usado como ritual de conquista. Reza a tradição que, após bordar o seu lenço com versos e desenhos, alguns padronizados e todos com simbologias muito próprias, a rapariga apaixonada entregava-o ao seu amado. Este passaria a usá-lo em público, como forma de mostrar que tinha dado início a uma relação. Se o namorado (também chamado de conversado) não usasse o lenço publicamente era sinal que não havia namoro para ninguém.

Hoje considerado artesanato regional, o tema do lenço dos namorados pode ser a lembrança perfeita para os noivos românticos, seja efetivamente como lenço bordado à mão com a vossa ou vossas frases preferidas, ou adaptado a objetos, como pequenas almofadinhas decorativas, chávenas, as típicas andorinhas, leques ou pousa-copos.

7. Manjerico

Vai casar? Lembranças tipicamente portuguesas que pode oferecer aos convidados
créditos: Shutterstock

Outra lembrança simbolicamente relacionada com o amor é o manjerico. Também conhecido como a “erva dos namorados”, segundo a tradição os rapazes davam pequenos manjericos em vasos às namoradas na altura do Santo António, o Santo casamenteiro, considerando o ato um compromisso quase tão forte como um pedido de casamento. Sendo o manjerico uma planta muito sensível, que necessita de grandes cuidados, a namorada devia tratá-lo durante um ano, até o mesmo ser substituído no Santo António do ano seguinte.

Sabendo esta história, não acha uma maravilhosa prenda simbólica para mimar os convidados? E para não lhes dar trabalho a cuidar desta sensível planta, pode também optar por manjericos de papel. Não esqueça o cravo e a pequena bandeira onde normalmente se escreve um verso popular alusivo ao amor, mas onde pode deixar a mensagem que desejar transmitir aos convidados.

Estas são, naturalmente, apenas algumas ideias, que pode ajustar ao seu gosto e estilo de casamento. O que interessa é que as lembranças sejam portuguesas e algo com que se identifique!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.