O colo do útero ou cérvix é a zona estreita que fica entre a vagina e o útero e o orgasmo atinge-se com o massajar da área. No entanto, há algumas condicionantes. Tendo em conta onde o colo do útero está localizado, terá de existir uma grande compatibilidade da profundidade da vagina com o tamanho do pénis, ou seja, se o canal vaginal for mais curto e o pénis comprido, é muito provável que provoque um estímulo doloroso em vez de prazeroso, uma vez que vai bater na região. Por outro lado, se o canal for mais comprido e o pénis mais curto, nem sequer se consegue aproximar. A opção será escolher um vibrador mais longo.

Não obstante, há algo essencial que tem de ser tido em conta. Nem sempre as mulheres estão relaxadas e à vontade para que tal aconteça, isto é, nem sempre há a desinibição e relaxamento suficientes, não se gosta de penetrações profundas, depois de alguma discussão ou chatice, um mau momento no relacionamento, enfim... se por vezes podem condicionar um orgasmo clitoriano ou do ponto G, no cervical é bastante mais difícil.

Agora, se está emocionalmente bem consigo e com o seu parceiro, um orgasmo cervical pode ser muito frequente e aí é estar preparada para um aumento do prazer dos pés à cabeça como que sendo invadida por ondas, um formigueiro e vibrações agradáveis que, contrariamente ao clitoriano – cujas contrações pélvicas e sensação de relaxamento duram segundos –, podem durar horas. Há quem afirme que se sentiu a flutuar, rejuvenescida e com uma extrema felicidade.

Como é uma experiência intensa e mais vulnerável, é necessário que a mulher esteja bem relaxada e sinta intimidade com o parceiro, daí ser muito difícil acontecer em sexo casual. O ideal é que iniciem os preliminares, aqueçam com outras posições sexuais e só depois passem à que, maioritariamente, proporciona este orgasmo: a posição de quatro ou comummente chamada de doggy style. É conveniente que a iniciem de forma calma e devagar, uma vez que pode causar um pouco de desconforto e dor ao início.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.