Os convites são a "carta de apresentação" do seu casamento e, naturalmente, vai querer apostar na parte estética, que deverá refletir todo o estilo que está a planear para o dia em que vai celebrar o seu amor. No entanto, há que lembrar que os convites de casamento têm uma função objetiva: não só convidar os seus entes queridos a partilharem consigo este momento da sua vida, mas, também, fornecer-lhes dados relevantes sobre a celebração. Assim, e pelo papel que representam, vamos dizer-lhe como elaborar um convite de casamento na perfeição, após fazer a sua lista de convidados e saber exatamente quem é que irá querer convidar.

1. Estilo e formato dos convites

O que deve ter em conta ao elaborar o seu convite de casamento
créditos: a pajarita

O formato e o estilo dos convites que escolher dão, de imediato, inúmeras informações implícitas aos convidados, inclusivamente uma ideia do que vestir. O correto será adaptá-los ao tipo de casamento que tiver escolhido.

Por exemplo, os convites minimalistas e simples são perfeitos se estiver a pensar dizer o "Sim" numa cerimónia civil, mais pequena e intimista. Já se tiver decidido casar num ambiente mais campestre, certamente irá escolher modelos para convites rústicos.

Os seus convidados saberão também que o seu casamento será mais descontraído se optar por convites divertidos, inspirados na natureza ou com um estilo tipicamente tropical, nomeadamente se estiver a planear trocar juras de amor com os pés na areia. Ao contrário, saberão que se terão de preparar para um casamento mais requintado, caso os convites tenham elementos mais clássicos e glamorosos, como pérolas ou veludo.

Não esqueça também que o convite faz parte de um “pacote maior”: a identidade visual do seu casamento, que se estende a todos os elementos de papelaria do grande dia, desde o save the date, aos menus de casamento, livros de honra, placas de casamento, site (se existir) e até as etiquetas que coloquem nas lembranças de casamento.

2. Tipo de papel e envelope

O que deve ter em conta ao elaborar o seu convite de casamento
créditos: Ideia Genial

Na escolha dos convites de casamento deverá também considerar o tipo de papel a utilizar, pois este afeta diretamente o tipo de impressão. Deve ter atenção à gramagem, aos brilhos ou texturas, ao material que o compõe e até o modo como é fabricado (se é, por exemplo, artesanal). Os tipos de papel mais comuns são o cartão, o color plus, vergé plus, aspen, vegetal, reciclado e o semente. Evite papel fotográfico brilhante, porque se danifica facilmente, mas se for esse o seu desejo, opte pelo fosco.

Relativamente ao envelope, a tendência é ser o mais simples possível, para dar protagonismo ao convite em si, mas é importante escolher o modelo certo, pois a primeira impressão é sempre a que fica.

3. Fonte utilizada

O que deve ter em conta ao elaborar o seu convite de casamento
créditos: a pajarita

A fonte de letra utilizada nos convites também vai ter de ser bem pensada. Por isso, fizemos uma seleção dos estilos mais adequados para cada estilo de casamento.

Casamento clássico: neste caso as letras devem transmitir a ideia de que foram escritas à mão, com cuidado no desenho. As fontes mais utilizadas são, por isso, a Great Vibes, Janda, As long as you love me, Champignon, Als Script e Lovers Quarrel.

Casamento romântico: as cerimónias com toque romântico sugerem convites com letras arredondadas e traços finos. São excelentes opções as fontes Stalemate, KG, Somebody that I used to Know, La Belle Aurore, Montez e Halo Handletter

Casamento informal: se quiser dar um ar mais ligeiro e descontraído ao convite, escolha uma fonte sem serifa, como Arial, Arial Black, Alegre Sans, Tall Dark and Handsome, Headline e Yellow Peas.

Casamento rústico: As fontes mais adequadas para um casamento rústico são as mais rabiscadas, como é o caso da Homemade Apple, Ecuyer Dax e Covered By Your Grace.

Casamento "festa": se a ideia é uma festa de arromba, o melhor é imprimir um tom alegre e descontraído ao convite. Ou então, um ar mais sério, com dourados. As fontes Jane Austen e Alexandria são algumas das melhores opções para este fim.

4. Conteúdo do convite

O que deve ter em conta ao elaborar o seu convite de casamento
créditos: Ideia Genial

Escolher o estilo, formato, o tipo de papel ou as fontes de letra é importante, mas deve também dar especial atenção ao conteúdo. Assim, um convite de casamento deve conter as seguintes informações:

  • O nome do casal;
  • O nome dos pais dos noivos;
  • A data, local e horário da cerimónia;
  • Os contactos para os convidados confirmarem a sua presença;
  • Os números de telefone dos noivos ou de algum familiar que julguem importante.

Por seu turno, há que dar atenção à estrutura do texto. No caso de querer seguir a etiqueta dos casamentos, deverá saber que os dados mencionados acima devem ser inseridos de forma específica. Por exemplo, o nome dos pais deve vir nos cantos superiores (esquerda e direita), dando a ideia de que são eles a fazer o convite para o enlace dos filhos. Já o texto principal, deve vir centrado. Ex: “Temos o prazer de convidá-lo para a cerimónia a ser realizada no dia 19 de julho, às 16h00, na igreja de São João de Deus, em Lisboa.”

Haverá, também, algumas nuances, consoante a realidade dos casais. Por exemplo, o nome dos pais pode ser omitido, se se tratar do segundo casamento de um dos noivos ou se algum já tiver filhos. Assim, o convite é dirigido pelo próprio casal e não pelos progenitores.

Também será diferente nas bodas mais informais, em que não precisa de recorrer à forma tradicional de organizar e escrever o conteúdo do convite. Desta forma, pode muito bem ignorar as dicas acima e criar o seu próprio modelo. O importante é que nos seus rasgos de criatividade não se esqueça de incluir as informações principais.

5. Algumas sugestões de convites de casamento

Sabemos que hoje em dia há uma grande liberdade no que diz respeito a tudo o que envolve o tema do casamento e que os noivos, cada vez mais, procuram a originalidade e o distanciamento daquilo que é considerado mais tradicional. Apesar disso, há quem ainda aprecie o clássico e preze detalhes ancestrais, que conferem um toque de diferenciação às celebrações. Assim, aqui ficam algumas sugestões:

  • Para quem aprecia o clássico, e se tiver uma letra bonita, pode optar por convites escritos à mão (ou recorrer a profissionais que o fazem tão bem!) Se não tiver tempo para isso, ao menos que o faça nos envelopes. O nome dos destinatários deve ser escrito pelo próprio punho de um dos noivos, de preferência a preto e sem abreviaturas, sendo sempre mais bonito com letra cursiva (nunca letra de máquina!).
  • Se gosta do toque da personalização, adeque os convites à estação do ano em que vai casar. Por exemplo, se incluir tópicos que transmitam a ideia de calor - como lume, lareira ou cores mais quentes, como o vermelho - indiretamente está a dizer que o casamento será no inverno. Pense nisso!
  • Aproveitem as novas tecnologias! Se o método tradicional não cativar ou se os noivos precisam de economizar, podem sempre criar um convite digital. Faça-o, por exemplo, através de vídeo, gravado pelos dois. Pode ainda enviar uma foto sua e do seu noivo por email e juntamente escrever a informação necessária. As redes sociais também são uma opção válida, uma vez que consegue chegar a um número muito maior de pessoas de forma rápida e eficaz. Através do WhatsApp ou de qualquer outro chat, envie um convite diferente para vários grupos de pessoas. Ou seja, adapte-o aos diferentes tipos de convidados.

6. Oriente os seus convidados

Por fim, uma última sugestão: se o objetivo principal do convite é dar a boa-nova (que vai casar!) e dizer aos seus convidados de forma indireta o quão importante eles são para si, facilite-lhes a vida, incluindo no convite um mapa com as direções (e coordenadas em GPS) para a cerimónia. E se optar um convite digital, também pode criar um mapa, que vá dar direto ao Google Maps, por exemplo. O que é preciso é ter boas ideias!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.