O simples ato de criar um perfil numa dating app é um grande passo, mas depois vem a parte mais desafiante: completar o perfil. Parece simples, mas ter um perfil “atraente” pode ser uma arte difícil de dominar.

Online, o perfil do utilizador é o ponto de interação e pretende-se que seja distinguível para conseguir provocar no outro a impressão desejada, seja o iniciar de uma conversa ou o evoluir para um encontro virtual ou presencial.

O Felizes.pt reuniu algumas dicas para ter um perfil de utilizador sem falhas e capaz de captar a atenção de quem o visita.

1. Registo e informação relevante

A construção do “eu” online tornou-se comum com o desenvolvimento da tecnologia e a adoção do digital em quase todas as áreas e ferramentas que usamos no dia a dia. Quando se trata de plataformas de encontros online, a construção do perfil pessoal pode ter impacto direto no objetivo de cada um, como chamar a atenção de um potencial interessado e desencadeador de conversas.

Em primeiro lugar, tem de criar o seu registo e começar a selecionar a informação que está confortável em partilhar online. A sugestão do Felizes.pt é que partilhe detalhes, hobbies, e outras informações que o façam destacar-se. Os utilizadores podem procurar pelos filtros que quiserem, por isso, a probabilidade de encontrar alguém com os mesmo gostos pode aumentar.

Contar algo acerca de nós não serve apenas para ajudar o algoritmo, faz também com que os outros fiquem a saber mais sobre nós e se possam identificar connosco.

2. Escrever a sua descrição

A biografia será a primeira impressão que os outros terão. A plataforma sugere que conte algo pessoal. O que é um facto divertido a seu respeito? Quais são os seus interesses? Quais são os seus hobbies? Esforce-se um pouco mais e pode atrair alguém com os mesmos passatempos ou interesses.

Os utilizadores que preenchem as suas descrições recebem 28% mais mensagens do que aquelas que não preenchem. (ISCTE Media-Lab)

3. Cuidado com o que partilha na internet

Partilhar informação pessoal pode ter riscos, mas não adicionar curiosidades ou aspetos pessoais pode não trazer resultados. É necessário partilhar algo que provoque curiosidade e vontade de dar início a uma conversa.

A recomendação é usar a internet da melhor forma: dê apenas algumas informações-chave e partilhe apenas a informação que achar necessária para criar empatia.

4. Fotografias-chave

As fotografias são excelentes para que os outros saibam mais sobre si e comecem uma conversa relevante. Se enumerou muitos atributos e interesses na sua biografia, tente que estes apareçam nas imagens, para criar um perfil mais completo já que a maioria da comunicação (fisicamente e virtualmente) é visual.

Dependendo de variáveis das plataformas de online dating, como o formato, a estrutura, o design, o posicionamento ou a lógica de funcionamento, a forma como o utilizador pode construir o seu “eu” online pode ser diferente.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.