As crianças funcionam muito por impulso e, mal se apanham numa loja ou num centro comercial, pedem muitas vezes o primeiro brinquedo que vêem. No entanto, quando comprar presentes para os seus filhos, não o faça com pressa. Certifique-se que faz a escolha mais segura. É habitual, por alturas do fim de ano escolar ou do Natal, sermos bombardeados por anúncios a brinquedos que nem sempre julgamos ser a melhor opção para os nossos filhos.

A escolha de presentes para as crianças exige, da nossa parte, algum esforço e, acima de tudo, consciência daquilo que realmente é benéfico para elas. Eis algumas regras básicas a seguir:

- Certifique-se que compra brinquedos didáticos, para que aprendam alguma coisa, para que sejam estimulados e desenvolvam as suas capacidades enquanto brincam, nomeadamente em termos de movimento, de afetividade e/ou de sociabilidade...

- Evite o desnecessário. Para saber aquilo que faz falta aos seus filhos, brinque com eles, explore o quarto e observe as suas brincadeiras. Se insistirem em pedinchar presentes que julgue inconvenientes, vá às compras com eles e tente mostrar-lhes o benefício adicional do brinquedo que escolher.

- Confirme as informações da embalagem. Verifique se a informação impressa na embalagem corresponde, de facto, ao que contém. Muitas vezes, depois de abrirmos o invólucro do brinquedo, constatamos que o conteúdo não está completo ou que está em mau estado. Peça ajuda e permissão a um auxiliar do estabelecimento para o fazer.

Projecto Brinquedo seguro

Brinquedo Seguro é um projeto europeu cujo objetivo é informar e formar pais, educadores e crianças sobre a segurança dos brinquedos, o seu uso seguro e o seu consumo responsável. De acordo com este projecto, eis os alguns dos aspectos que devemos valorizar num jogo ou brinquedo:

- Materiais com que são elaborados

Devem cumprir estritas normas de segurança, uma vez que se destinam ao manuseamento por parte das crianças.

- Solidez e durabilidade do produto

As crianças sofrem quando os seus brinquedos se estragam, uma vez que depositam afeto neles. Por isso, devemos evitar aqueles que apresentem materiais frágeis ou que necessitem de cuidados no seu manuseamento.

- A beleza e a estética do brinquedo

Os brinquedos são objectos muito próximos às crianças, pelo que devem corresponder aos seus gostos e a um conceito de beleza adequado.

Conselhos para uma escolha segura

Quando comprar brinquedos, certifique-se de que contêm toda a informação indispensável a um brinquedo seguro, nomeadamente:

- Nome do fabricante

- Marca comercial

- Marca da CE (determina a conformidade com as normas de segurança que lhe são aplicáveis na União Europeia)

- Características técnicas e funcionais e indicadores de segurança

- Idade recomendada

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.