"Há muitos casais que precisam da doação de gâmetas – óvulos e/ou espermatozoides – para conseguirem concretizar o sonho de serem pais. Estes casais apenas podem contar com o altruísmo de outras pessoas, que aceitam doar os seus gâmetas. Por ser um assunto tão importante e que muda, efetivamente, a vida de tantas pessoas, a APFertilidade decidiu lançar uma campanha em universidades de todo o país, a apelar para esta doação", explica Cláudia Vieira, Presidente da APFertilidade.

A campanha terá início nos próximos dias e consistirá na afixação de cartazes e na distribuição de folhetos explicativos do processo.

Neste momento 104 faculdades e institutos politécnicos já aceitaram divulgar a campanha juntos dos seus alunos.

A ação conta ainda com o único Banco Público de Gâmetas do país (situado na Maternidade Júlio Dinis, no Porto) e de mais 12 clínicas privadas. O objetivo é alargar ao máximo a cobertura da campanha e para que os dadores consigam fazer todo o processo perto do local onde se encontram.

"Sabemos que este é um primeiro passo para abordarmos esta questão, que ainda levanta tantas dúvidas à sociedade em geral. O que queremos é que as pessoas percebam que este é um gesto altruísta, que ajudará um casal a concretizar o sonho de uma vida. O facto de termos escolhido as universidades para esta campanha deve-se a este público estar no auge da sua idade fértil e por isso potenciar a qualidade do material doado. Consideramos que através das universidades e das suas associações conseguimos direcionar melhor a campanha e chegar a um elevado número de pessoas com potencial para se tornarem dadores", refere Cláudia Vieira.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.