A campanha foi elaborada para um estudo da Universidade do Alasca e está a colocar nas casas de banho de bares e restaurantes testes de gravidez gratuitos onde se pode ler nas embalagens: "Lembra-se da última vez que fez sexo? Faça um teste de gravidez antes de beber esta noite".

No Alasca a taxa de Síndrome Alcóolica Fetal é a mais alta dos Estados Unidos. Os bebés que sofrem deste síndrome à nascença são de 1,5 para cada mil nascimentos, enquanto que a média nacional é de 0,2.

Para combater estes números elevados, a Universidade do Alasca pretende distribuir cerca de 5 mil testes em locais onde potencialmente existe um maior risco de beber bebidas alcóolicas.

Muitas vezes, uma mulher não sabe que está grávida e o álcool mesmo ingerido num estado ainda muito inicial da gravidez prejudica desde logo o bebé. O síndrome pode causar má formação no feto, danos cerebrais, alterações na visão e audição, dificuldades na aprendizagem e até mesmo prejudicar o próprio desenvolvimento cognitivo.

A distribuição gratuita de preservativos juntamente com os testes de gravidez também é uma das ações previstas nesta campanha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.