A idade do pai pode ter uma grande importância na hora da concepção, conclui um estudo sobre infertilidade realizado a mais de 12 mil casais em Paris, França.
A pesquisa, realizada no Instituto Nacional Francês de Pesquisa Médica, encontrou uma forte ligação entre a idade do pai e as hipóteses de concepção de um bebé.
O estudo sugere que a taxa de insucesso aumenta significativamente quando o potencial pai tem mais de 35 anos e que a possibilidade de conceber cai drasticamente após os 40 anos.
Segundo um artigo publicado recentemente na “Sky News”, o relógio biológico masculino começa a tocar a meio da casa dos 30, quando a taxa de insucesso ronda os 19,5 por cento. Aos 40, esta taxa já é de 32 por cento.
A idade da mulher é globalmente aceite como o factor que afecta a fertilidade. Só agora a idade paternal é referenciada como um forte factor de influência.
Jacques Mouzon, autor do relatório, refere que «as pessoas dizem que os homens são férteis até à velhice, incluindo aos 90 anos. Isso pode até ser verdade algumas vezes, mas o produto é diferente e existem mais problemas no sémen à medida que a idade avança».
Allan Pacey da Universidade de Sheffield, não ficou surpreendido com os resultados. À “Sky News” disse que «vários estudos demonstram que é mais difícil para os homens mais velhos conseguirem ter filhos.
Em 2000, um estudo demonstrou que ao atingir os 40 anos de idade, um homem tem metade das hipóteses de engravidar uma mulher, em comparação com um de 25 anos. 18 de Agosto de 2008

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.