A Quinta do Castelo da Feira abre hoje o parque temático "Terra dos Sonhos", cujos organizadores esperam manter este ano os 45.000 visitantes de 2011, porque, em tempos de contenção, "paga-se pouco para sonhar e para reforçar laços familiares".

Em causa está o recinto que, inspirado no imaginário de Natal e em personagens dos contos infantis, reúne em 30.000 metros quadrados de jardins, lagos e grutas artificiais um total de 10 áreas temáticas, seis espaços de diversão e quatro companhias de animação circulante.

Paulo Sérgio Pais é o coordenador geral do projeto promovido pela Câmara da Feira e pela empresa municipal Feira Viva, e declarou à Lusa: "Estamos conscientes de que este ano as pessoas estão com uma postura de contenção muito mais acentuada, mas continuamos a acreditar que se paga pouco para sonhar e que é precisamente em tempos de dificuldade que se reforçam os laços familiares".

A Terra dos Sonhos mantém, por isso, os preços praticados o ano passado e, além de reforçar a divulgação do pack de bilhetes mais económicos para elementos da mesma família, aumenta também "a oferta de animação com carácter interativo, para maior envolvência e participação de crianças e adultos nas mesmas atividades".

À casa do Pai Natal na Lapónia ou ao porto onde está ancorado o navio dos piratas, por exemplo, junta-se assim uma rampa "de neve" mais extensa, um percurso mais longo de slide "para evitar as filas enormes de 2011" e uma componente alargada de arvorismo, com mais ligações de corda e madeira por onde os visitantes podem circular entre as árvores do recinto.

Há também mais espaços de restauração, mais postos de venda das "guloseimas associadas à quadra natalícia" e "um envolvimento sem precedentes com a comunidade local", já que, além do bilhete que recebem para visitar a Terra dos Sonhos, todas as crianças das escolas da Feira foram este ano convidadas a decorar o exterior da Quinta do Castelo.

Convite idêntico foi o que, alargado a todo o parque escolar da região Norte, resultou na coleção de desenhos que a Terra dos Sonhos dará a conhecer numa exposição no interior do recinto.

"O nosso principal objetivo este ano foi assegurar que pais e filhos tenham mais experiências partilhadas", realça Paulo Sérgio Pais. "Contamos com uma ligeira redução de visitantes em função da quebra no rendimento das famílias, mas temos mesmo a convicção de que a Terra dos Sonhos é um momento de união familiar e que é essa união que ajuda a enfrentar os momentos mais difíceis que se vivem agora".

A Terra dos Sonhos está aberta ao público de quinta-feira a domingo, entre as 13:00 e as 18:00 aos dias úteis, e das 14:00 às 19:00 ao fim-de-semana.

Este ano, pela primeira vez em cinco edições, o parque funciona também na semana que se segue ao Natal, encerrando apenas a 30 de dezembro.

Mais informações sobre áreas temáticas, atividades pagas para além da entrada e horários dos espetáculos podem consultar-se em www.terradosonhos.com

Lusa

6 de dezembro de 2012

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.