O vídeo contém linguagem e imagens potencialmente chocantes

O episódio aconteceu na Geórgia, Estados Unidos. A mãe transmitiu em direto no Facebook um vídeo em que bate compulsivamente na filha de 16 anos, como castigo por esta ter publicado fotos "embaraçosas" nesta rede social.

Vários norte-americanos apelaram, entretanto nas redes sociais, às autoridades para que acusem criminalmente a mãe, Shanavia Miller, por violência doméstica.

Nia Green publicou fotografias no Facebook do namorado despido, enrolado numa toalha. A mãe não gostou.

Mãe e filha já reagiram entretanto aos comentários. A filha assume que não deveria ter envergonhado a mãe e que deveria ter-lhe contado que era sexualmente ativa. A mãe diz que foi um ato de amor, escreve o Washington Post.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.