A ideia parece simples. Jason Haney, que está a trabalhar na construção de uma nova ala do hospital pediátrico, mesmo em frente às instalações da ala mais antiga, decidiu interagir com os jovens pacientes. Assim, todos os dias, o operário de 41 anos muda o Wally de dois metros que o acompanha no trabalho de local.

As crianças são desafiadas a descobrir a nova localização da personagem de camisola às riscas vermelhas e brancas. Quando a localização é descoberta, a mudança é feita.

A iniciativa tem sido aplaudida, tanto pelos pais das crianças que têm manifestado o seu apoio num grupo de Facebook criado por Jason Haney, como pelo próprio hospital.

“Quando entramos na unidade de pediatria e perguntamos às crianças “onde está o Wally?” vemos as crianças a correr na área de recreio ou nos seus quartos em direção às janelas para espreitar”, explicou Heidi Prescott, porta-voz do hospital, em declarações ao jornal Today.

“Ajuda realmente a distraí-los daquilo que estão a passar por alguns minutos e isso é muito reconfortante”, acrescentou.

Na realidade, o projeto de Jason Haney começou no inverno e nessa altura a personagem era um boneco de neve, que fez muito sucesso entre as crianças. Com a chegada de temperaturas mais altas a escolha do operário já recaiu sobre a personagem Sponge Bob e agora no Wally.

No entanto, é cada vez mais difícil para Jason Haney, com o avançar da obra, esconder o seu Wally de dois metros. A ideia seguinte será utilizar Minions porque são mais pequenos. O fim da obra está previsto para março de 2017.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.