"Estes equipamentos vêm complementar o investimento que tem vindo a ser realizado no Agrupamento [Proença-a-Nova], tanto ao nível de ações materiais, como imateriais, no âmbito do ‘Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar’", refere, em comunicado, a Câmara de Proença-a-Nova.

Este município do distrito de Castelo Branco explica que a aquisição dos novos equipamentos laboratoriais tem como objetivo promover o conhecimento científico e tecnológico e a prática de um ensino de excelência na área das ciências.

"Foram adquiridos 16 microscópios com câmaras integradas, permitindo um aumento qualitativo da visualização das preparações biológicas definitivas, elétrodos de pH, tubo de Newton, balanças digitais, células solares fotovoltaicas, sonómetros digitais e dois sistemas dinâmicos para estudo dos movimentos nas aulas de física e química, e que permitem também renovar o material existente", lê-se na nota.

A autarquia sublinha ainda que, no âmbito do "Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar", a escola já dispõe de uma sala/laboratório de aprendizagens, devidamente equipada, tendo já os professores recebido a respetiva formação para a utilização destas tecnologias na sua prática pedagógica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.