Depois de dois meses encerradas devido à pandemia de COVID-19, as creches voltaram hoje a reabrir com novas regras de higienização dos espaços e distanciamento social para tentar minimizar as probabilidades de contágio do novo coronavírus.

Em declarações à Lusa, a presidente da ACPEEP, Susana Batista, fez um balanço provisório do que hoje se passou em alguns estabelecimentos: “O feedback que temos, até agora, é que acabaram por ir menos crianças do que as que tinham anunciado”.

Susana Batista deu o exemplo de um colégio, onde eram esperadas oito crianças, mas apareceram apenas cinco. “Houve uma ou outra que acabou por não ir, mas sabemos que durante a semana irá”, disse.

Alguns pais ligaram a explicar que tinham compromissos que tornavam impossível levar a criança à escola e outros admitiram que tinham adormecido, contou à Lusa.

Mas também houve famílias que, apesar de terem garantido que os seus filhos regressariam hoje, acabaram por não aparecer nem dizer nada na creche. No entanto, segundo Susana Batista, este tipo de situações “é normal durante todo o ano”.

O regresso à creche também foi vivido de forma diferente pelas diferentes crianças: “Tivemos todas as situações. Em alguns casos, houve choro por se separarem dos pais, mas noutros notou-se uma alegria imensa”.

Vejas as fotos de bebés entregues em creche do Porto

Creches fizeram levantamento de informação

Na última semana, as direções e os educadores começaram a fazer um levantamento junto das famílias para perceber quantas crianças iriam regressar esta segunda-feira, para que pudessem organizar os espaços de acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A Associação de Creches e de Pequenos Estabelecimentos de Ensino Particular também fez um levantamento junto dos seus associados que revelou que a maioria das crianças não regressaria hoje.

O Governo decidiu dar 15 dias – entre 18 de maio e 01 de junho – para que os pais possam permanecer em casa com as crianças sem perder o direito ao apoio à família que foi criado especificamente para esta fase de pandemia.

As creches já estavam à espera de receber poucas crianças, em grande parte por receio dos pais em relação ao novo coronavírus, mas esse número ainda baixou mais, segundo a ACPEES.

A associação lançou hoje um novo inquérito aos associados para obter mais informações sobre este retomar de atividade, mas só no final do dia terá dados mais objetivos sobre o que aconteceu nas diferentes creches, contou à Lusa Susana Batista.

Além da reabertura das creches, cerca de 500 escolas do ensino secundário voltaram hoje a ter aulas presenciais para os estudantes do 11.º e 12.º anos.

Hoje o dia é ainda marcado pela retoma das visitas aos utentes dos lares de idosos e a reabertura de algumas lojas de rua, cafés, restaurantes, museus, monumentos e palácios.

Portugal contabiliza, até ao momento, 1.231 mortos associados à covid-19 em 29.209 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da DGS.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.