É preciso recuar alguns anos para perceber de onde vem o slime. Esta esverdeada e viscosa pasta surgiu em 1984 com o filme "Ghostbusters" ou "Caça-Fantasmas", na versão em português. O nome é uma espécie de homenagem a um dos fantasmas do filme, o "Slimer".

10 substâncias químicas que são um atentado à sua saúde
10 substâncias químicas que são um atentado à sua saúde
Ver artigo

Porém o slime ressuscitou nos Estados Unidos através do YouTube, quando uma legião de fãs adolescentes começou a publicar vídeos sobre o filme.

"Há vários casos de reações cutâneas associadas ao fabrico e manipulação de 'slime' em casa", alertam a agência francesa para a segurança sanitária Anses e a direção-geral da concorrência (DGCCRF) em comunicado.

O "slime" pode ser comprado já pronto, mas também pode ser feito em casa, através de um conjunto de produtos químicos como cola e corantes e com a ajuda de tutoriais disponíveis na web.

As autoridades alertam para os perigos que representa o contacto direto da pele com estes produtos tóxicos, sobretudo para crianças.

"A manipulação de lixívias, detergentes ou colas em grandes quantidades, de forma repetida e prolongada pode estar na origem das dermatites de contacto agudas uma vez que estes produtos contêm conservantes alergénios", alertam as autoridades.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.