A Maternal Health e a Maternal Morbidity, na Irlanda, realizaram um estudo sobre o sexo pós-parto para corrigir alguns mal-entendidos, e assim aliviar a pressão sobre as mães neste assunto.

Vejamos então algumas das conclusões do estudo:

- A percentagem de mulheres afetadas pela dor na penetração praticamente duplica três meses depois do parto, subindo de 23%, antes do parto, para 44%, pós-parto.

- Estatísticas revelam que a secura vaginal existe em proporções iguais, quer antes ou no pós-parto.

- Antes da gravidez, as mulheres entrevistadas revelaram que faziam sexo uma a duas vezes por semana (54%). O número desce para 44% após 12 meses a seguir ao nascimento do bebé.

- Metade das mulheres entrevistadas confessaram estar muito satisfeitas com a sua vida sexual antes da gravidez. Mas depois da gravidez, e passados 12 meses, apenas 1 em 4 se encontram satisfeitas.

- As mulheres que confessaram ter entre uma a duas relações sexuais por mês aumentou de 14%, antes da gravidez, para 51% no pós-parto.

Num estudo semelhante realizado na Austrália, que entrevistou 1.507 mulheres que iam ser mães pela primeira vez, 45% das que realizaram uma cesariana voltaram a fazer sexo passadas seis semanas. Mas apenas 32% das que tiveram um parto vaginal normal voltaram ao sexo passadas as mesmas seis semanas.

Este estudo pretende mostrar às mulheres que acabaram de ser mães que a falta de líbido, secura vaginal e dor na penetração afeta muitas mulheres e que é normal.

A prioridade dos responsáveis pelo estudo é de mostrar estes resultados para que a mulher não sinta que é a única no mundo a ser afetada. "Os dados apresentados servem para cada mulher refletir sobre a sua situação, e em caso de persistência de alguns sintomas é que deve procurar ajuda".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.