Thomas Markle confessou que deixou o príncipe Harry ‘pendurado’ ao telefone, depois do mesmo ter sido exposto em fotografias captadas por paparazzi, pouco tempo antes do casamento da filha comemorado a 19 de maio.

Em entrevista ao Mail on Sunday, o pai de Meghan Markle referiu que ficou “zangado” com a chamada do príncipe feita quando ainda se encontrava internado no hospital a recuperar de um ataque cardíaco. Thomas relatou que antes do matrimónio real, Harry aconselhou-o a nunca fazer qualquer tipo de declarações à imprensa. “Eles vão-te comer vivo”, alertou Harry, palavras com que Thomas concordou.

Apesar do aviso, as imagens de paparazzi apareceram, facto que deixou Harry desiludido.

Posto isto, no telefonema em questão, Harry terá referido: “Se me tivesse dado ouvidos isto nunca teria acontecido”. “Talvez seria melhor para vocês se eu estivesse morto… assim podiam fingir que estavam tristes”, rematou Thomas na época, terminando de imediato a chamada.

Apesar de se ter enervado, o pai da duquesa de Sussex reconhece agora que o genro “estava certo”, até porque as fotos em questão tinham sido combinadas pelo próprio com os paparazzi.

No final, Thomas Markle garantiu que esta seria a sua última entrevista à imprensa. Será?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.