Nas últimas entrevistas dadas à imprensa internacional, Angelina Jolie tem-se mostrado mais frágil e insegura. Depois de ter admitido que “não gosta” de estar solteira, a atriz voltou a abordar o assunto, falando sobre as suas fragilidades.

“Às vezes sei que dou a impressão de que posso com tudo, mas a verdade é que tudo o que quero é chegar ao fim do dia”, afirmou a artista.

De acordo com o El País, a promover o seu mais recente filme, ‘First They Killed My Father’, e depois do silêncio que se seguiu à separação de Brad Pitt, Jolie confessa que está “mais tímida”.

“Sinto-me um pouco mais tímida. Não sou tão forte como era antes”, reconheceu.

Mãe de três filhos adotivos - Maddox, de 16 anos, Pax, de 13, Zahara, de 12 – e três filhos biológicos - Shiloh, de 11 anos, e os gémeos Knox e Vivienne, de 9, Jolie frisa que “ama ser mãe”.

No ano passado separou-se de Brad Pitt e confessa que há dez anos “não se imaginaria solteira”. Não sabe com o que se vai deparar na próxima década, mas fala disso com bom humor. “Não faço ideia. Espero que não haja netos. Agora o que necessito é de recuperar um pouco o meu outro eu, esse que perdi”, rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.