Cristiano Ronaldo sossegou os adeptos do Real Madrid, garantindo-lhes que está motivadíssimo para dar o seu melhor pelo clube em todas as competições, apesar de estar “triste”.

Num comunicado difundido através do Facebook, o jogador escreveu o seguinte:

“Que eu esteja triste e o tenha dito criou uma enorme celeuma. Acusam-me de querer mais dinheiro, mas há-de provar-se um dia que esse não é o ponto.

Neste momento, queria só garantir aos adeptos do Real Madrid que a minha motivação, dedicação, empenho e vontade de ganhar todas as competições não serão afetados. Tenho demasiado respeito por mim próprio e pelo Real Madrid para algum dia dar menos ao clube do que aquilo de que sou capaz. Um abraço a todos os madridistas”, escreveu Ronaldo.

Recorda-se que a polémica começou no passado domingo quando Cristiano explicou, no final do jogo contra o Granada, que não tinha festejado os seus dois golos porque estava “triste” e que as pessoas do Real Madrid sabiam o porquê.

A imprensa internacional e a espanhola, em particular, deram o máximo relevo ao desabafo do craque português, sugerindo, uns, que Ronaldo quer mais dinheiro e adiantando, outros, que ele só pretende que o reconheçam, dentro do clube, como o líder indiscutível no campo e no balneário.

Tudo somado, é muito provável que a verdadeira razão para a “tristeza” de Ronaldo seja uma mistura destas duas teses.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.