Rita Ferro Rodrigues juntou-se aos vários famosos que recorreram às redes sociais para comentar o tiroteio no Texas, esta terça-feira, e que matou pelo menos 19 estudantes e dois adultos.

Numa publicação que fez no Instagram, a apresentadora destacou que "está profundamente chocada com o mais recente massacre nos EUA".

"Há um problema gravíssimo de armas nos EUA. E há um problema gravíssimo de violência normalizada entre todos nós", afirmou.

Rita Ferro Rodrigues falou também da história do autor do tiroteio, que na escola era vítima de bullying e chegou a ser alvo de comentários homofóbicos.

"Estou infelizmente a testemunhar esta semana um caso bastante grave de bullying racista exercido numa escola de Lisboa. A vítima é uma menina de 15 anos. Não cometamos o erro de achar que isto 'só se passa nos E.U.A'… não é verdade", relatou Rita Ferro Rodrigues na mesma publicação.

"Este post é só um desabafo que em nada pretende desfocar da questão principal: a normalização da violência aliada ao acesso livre a armas tem resultados trágicos e devastadores. É altura de tomar medidas sérias para conter esta epidemia. Quanto à família destas vítimas, assim como outras que tragicamente lhes antecederam, nenhuma palavra poderá reconfortar ou amenizar a tremenda dor. Horrível", rematou.

Veja a publicação na íntegra:

Leia Também: Celebridades destroçadas com tiroteio em escola primária

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.