De acordo com o site TMZ, Rihanna tem vindo a ser perseguida desde o mês de abril do ano passado. O homem já usou vários nomes falsos, como Ralph Alexander e Alec Mercer, já ameaçou a cantora de morte e chegou a mandar-lhe um vídeo a masturbar-se à frente da câmara.

Além disto tudo, o perseguidor tirou uma foto em frente à casa da artista, em Los Angeles, e escreveu coisas assustadoras na internet como: "Devia ter matado Rihanna há um minuto atrás. Neste momento estaria melhor" e "eu uso armas e estou prestes a tirar uma licença para o porte (de armas)".

A policia já está a investigar o caso e já descobriram que o homem tem 27 anos. Segundo TMZ, enquanto Ralph/Alec aguarda julgamento, está internado num hospital psiquiátrico.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.