A entrada de Meghan Markle para a realeza britânica gerou uma grande discórdia na altura. Se por um lado houve quem se mostrasse fascinado com a história da atriz que se apaixonou pelo príncipe Harry, por outro, também apareceu que não apreciasse a sua presença no Palácio de Buckingham.

Conforme notou a especialista do The Telegraph, Camilla Tominey, ao The New Yorker, no caso dos funcionários do Palácio houve uma mudança de ideias.

Se no início até se revelaram encantados com esta história de amor, passado um tempo, a presença da duquesa começou a tornar-se incómoda.

"O mundo da realeza é muito diferente - é um lugar mais calmo, com uma enorme hierarquia", fez saber a especialista.

"É um pouco como em 'Downton Abbey' - há uma hierarquia na equipa que está no palácio há anos e anos, a servir a rainha e o país. Com o Harry e a Meghan a fazerem exigências, particularmente a duquesa, havia um sentimento de, 'bem, espera um minuto, quem é que pensas que és?'", concluiu.

Apesar destas divergências, a mesma publicação dá conta que quando o casal foi viver para a Frogmore Cottage, o relacionamento com os funcionários já se revelou mais positivo.

Leia Também: Meghan Markle e Harry estão a viver na antiga mansão de Mel Gibson

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.