Juntamente com a mulher, Kate Middleton, William visitou a Church on the Street, uma obra solidária que ajuda pessoas a saírem da pobreza, enquanto providencia um espaço para práticas religiosas.

Foi neste contexto que o príncipe conheceu Deacon Glover, um menino de 11 anos que estava de luto por causa da mãe, que morrera no ano passado.

Reparando que o mesmo estava a usar uma camisola do jogador de futebol Nick Pope, William questionou. "Gostarias de ver o Nick Pope? Sim? Vamos ver o que conseguimos fazer".

O duque de Cambridge cumpriu a sua promessa e no domingo passado, Deacon conheceu o guarda-redes antes do jogo do Burnley contra o Liverpool.

"Foi um momento tão especial para o Deacon e ver a cara dele quando conheceu o Nick Pope foi maravilhoso", revelou a avó do menino, Carole Ellis, em declarações ao Burnley Express.

Pope ofereceu ainda umas luvas a Deacon com a seguinte mensagem escrita: "Nunca desistas".

O menino, assim com a sua família, assistiram igualmente ao jogo de um lugar especial do estádio.

"Toda a gente recebeu-nos tão bem, não poderiam ter feito mais por nós. Foi um dia especial que sempre será relembrado. Queremos agradecer a toda a gente do clube e também ao príncipe William por fazer isto acontecer ao Deacon", completou a avó.

Leia Também: A surpresa que o príncipe William fez a Kate no Dia dos Namorados

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.