Muito antes do príncipe Harry e Meghan Markle anunciarem que iriam deixar de ser membros séniores da família real britânica, já Jane Goodall tinha a sensação que o filho da falecida princesa Diana iria deixar a realeza.

De acordo com a antropóloga britânica, de 86 anos, Harry disse-lhe no verão do ano passado que não queria que o filho, Archie, crescesse sob os padrões e protocolos reais, dando a entender que o casal já pensava em deixar os cargos como membros da realeza.

Em conversa com o Daily Mail, Jane falou ainda do bebé de Meghan e Harry, referindo que o menino "era muito pequenino". "Acho que fui uma das primeiras a abraçá-lo fora do núcleo da família real", lembrou.

"Eu tentei que o Archie fizesse o aceno da rainha e disse: 'Acho que ele tem de aprender isto'. E o Harry respondeu: 'não, ele não vai crescer assim'", recordou ainda Goodall.

Uma conversa que aconteceu quando Harry entrevistou Goodall num evento de angariação de fundos da Roots & Shoots, em julho de 2019. Uma entrevista foi incluída na edição de capa de Markle da Vogue britânica, em setembro.

Recorde-se que seis meses após esta conversa, em dezembro, Harry anunciou que iria afastar-se da realeza. O casal deixou oficialmente os cargos reais no dia 31 de março.

Leia Também: A 'mensagem oficial' do adeus de Meghan Markle e do príncipe Harry

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.