Esta quinta-feira, dia 15, a polícia de Los Angeles foi chamada a casa de Stan Lee para intervir contra um ex-segurança do artista.

Max Anderson, que trabalhou para Satn Lee e coleciona antecedentes criminais, terá invadido a propriedade e recusou-se a sair, o que levou a que o criador da Marvel e a sua filha a chamarem a polícia, afirma o Daily Mail.

No local estiveram ainda os serviços de proteção para adultos, que investigam agressões a idosos, levando a crer que Stan Lee pode mesmo ter sido agredido pelo seu antigo funcionário.

Recorde-se que no início deste mês, o escritor foi hospitalizado devido a problemas respiratórios.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.