Afinal, Isabel II foi questionada pelo neto, príncipe Harry, e Meghan Markle sobre o nome da pequena Lilibet? Uma fonte do Palácio de Buckingham diz que a monarca não recebeu nenhum contacto dos duques de Sussex para pedir 'autorização' para darem à filha o nome pela qual a rainha é tratada pela família.

No entanto, o porta-voz dos duques insistiu que o casal não teria usado o nome da rainha sem esta apoiar tal decisão. Aliás, dizem que Isabel II foi o primeiro membro da família para quem o duque ligou.

"O duque falou com a sua família antes do anúncio - na verdade, a avó foi o primeiro membro da família para quem ele ligou. Durante essa conversa, ele partilhou o desejo de dar à filha o nome Lilibet em sua homenagem. Se ela não tivesse apoiado, eles não teriam usado o nome", disse o porta-voz, de acordo com a BBC.

Recorde-se que além da pequena Lilibet "Lili" Diana Mountbatten-Windsor - que nasceu na passada sexta-feira, 4 de junho, na Califórnia -, o casal tem ainda em comum o filho Archie Harrison Mountbatten-Windsor, de dois anos.

Segundo relatos da imprensa internacional, o nome da menina é também uma homenagem à mãe de Harry, a falecida princesa Diana, e à mãe de Meghan, Doria Ragland.

Sabe ainda que a rainha Isabel II já conheceu, entretanto, a bisneta mais nova e fez um convite a Harry.

Leia Também: Harry e Meghan Markle. Foi assim que Archie reagiu ao nascimento da irmã

Leia Também: Príncipe Carlos fala da filha de Harry e Meghan Markle em evento

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.