Quatro anos depois, Paulo Rocha vai começar a ser julgado por ter agredido brutalmente Gonzo, na discoteca Karma, em Rio Maior, vendo assim ensombrado o bom momento pessoal e profissional que está a viver.

O episódio remonta a dezembro de 2007 e só agora está a chegar a tribunal, sendo que o ator é acusado pelo Ministério Público da prática de um crime de ofensa à integridade física.

Segundo revelou a assessoria de imprensa da Rede Globo, a primeira audiência julgamento do ator, que estava marcada já para dia 5 de janeiro, foi adiada.

O galã, que atualmente está a brilhar no Brasil, na novela “Fina Estampa”, incorre numa pena que pode ir até aos três anos de prisão e ao pagamento de uma indemnização de 20 mil euros.

Relembre-se que este incidente teve testemunhas e aconteceu depois de Gonzo ter chamado Paulo Rocha à atenção por este se estar a insinuar junto da sua namorada na altura, a atriz Dânia Neto, que havia namorado com o ator pouco tempo antes. Paulo Rocha não terá gostado do que ouviu e partiu para a agressão... com uma soqueira. Gonzo ficou visivelmente magoado e teve inclusivamente de ser submetido a uma cirurgia estética para reconstruir a cara.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.