Em conversa com o apresentador Piers Morgan, Pamela Anderson confessou que durante a infância chegou a pensar que tinha “poderes sobrenaturais”.

A artista recordou o episódio traumático em que foi abusada por uma ama e confessou que queria muito que a mulher morresse. “Ela abusou de mim durante um ano, eu tinha entre quatro e oito anos, não me lembro exatamente”, começou por contar Pamela.

“Eu lembro de querer muito que ela morresse e ela acabou por se envolver num acidente de carro pouco depois, ela tinha acabado de se formar”, ao ver o seu desejo tornar-se realidade, a atriz passou a achar que tinha mesmo poderes: “Durante muito tempo, achei que tinha esse poder. Não contei nada aos meus pais, era algo terrível que tinha que guardar para mim. Fomos falar disso anos depois”, rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.