O estado de saúde de Ângelo Rodrigues continua a inspirar cuidados. Internado no Hospital Garcia de Orta, em Almada, desde o passado dia 22 de agosto, na sequência de uma infeção generalizada provocada pela infiltração de substâncias anabolizantes, adquiridas no Brasil, que quase lhe custou a vida, o ator e cantor de 32 anos vive dias difíceis. O pesadelo parece não ter fim e as preocupações dos médicos também não.

"O ator encontra-se em isolamento", avança o Correio da Manhã. De acordo com o jornal, Ângelo Rodrigues "apanhou bactérias multirresistentes e apresenta-se febril, situação que está a ser acompanhada pela equipa médica". "Também a infeção [que se estendia do pé esquerdo à zona lombar] está novamente ativa, depois da primeira cirurgia plástica não ter corrido como o previsto", avança ainda este órgão de informação.

"Na operação, foi implantada pele sintética, na perna do ator, [o] que ajudaria na renegeração dos tecidos [cutâneos] mas houve uma rejeição da mesma", noticia o jornal, que avança ainda que "não houve evolução relativamente ao problema no olho esquerdo de Ângelo, que levou a que fosse acompanhado pela unidade de oftalmologia [do Hospital Garcia de Orta]". A próxima operação está prevista para o início de outubro.

Nascido no Porto, a 9 de setembro de 1987, o também cantor estreou-se na televisão portuguesa com a telenovela "Doce fugitiva", exibida pela TVI entre outubro de 2006 e setembro de 2007 e reexibida entre fevereiro de 2013 e junho de 2014, mas foi na quinta temporada da série "Morangos com açúcar" que ganhou fama e mediatismo. As viagens são, a par da música e da representação, outra das suas grandes paixões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.