Foi há precisamente seis anos que Nicolau Breyner morreu, no dia 14 de março de 2016. Uma data marcante que foi assinalada na página de Instagram do também ator José Raposo.

"O Nicolau Breyner deixou-nos faz hoje seis anos! Eu era seu amigo, e tive por isso o privilégio de conviver com um ídolo! Um ídolo da arte que escolhi abraçar, e um ídolo da arte de viver", começou por dizer José Raposo.

"O Nico encarnou o ser perfeito, com a sua simplicidade, a sua desconstrução das coisas que para nós são certinhas, a sua 'descomplicação' de tudo, a sua displicência que estava sempre correta, o seu cavalheirismo, a sua cultura, a sua inteligência, a sua generosidade, a sua anarquia, o seu asco à equação estupidez+incompetência+mau carácter+hipocrisia tudo elevado ao quadrado, o seu talento insubstituível que tanta falta faz a este país que não soube ainda agradecer-lhe convenientemente", recordou.

"E publico aqui uma cena dele na revista pois o Nico foi também um dos grandes protagonistas deste género tão mal tratado, de que muito falávamos. Ele representou várias vezes em teatros do Parque Mayer de 1962 a 1984! E era um assíduo 'tertuliante parquemayerano'", lembrou ainda, confessando as muitas saudades que tem do colega e amigo.

Leia Também: Herman José homenageia Nicolau Breyner: "Seis anos desde a sua partida"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.