Liliana Campos esteve esta segunda-feira, dia 2, no programa de Júlia Pinheiro, na SIC. A apresentadora lembrou a infância, o começo da sua carreira televisiva e ainda aqueles que foram os momentos mais delicados da sua vida: a morte do pai e da mãe.

A estrela do programa ‘Passadeira Vermelha’, da SIC Caras, tinha 24 anos quando numa noite em que nada o fazia prever o seu pai sofreu um ataque cardíaco. “O meu pai teve um ataque cardíaco ao pé de mim”, revela.

“Ele disse-me: 'Filha, eu vou morrer. Tu tens de tomar conta do teu pai e do teu irmão'”, conta a apresentadora, que lamenta não ter conseguido despedir-se do progenitor. “Já não consegui despedir-me dele”, diz, sem esconder a emoção.

Procurando corresponder ao pedido feito pelo seu pai, Liliana tornou-se o pilar da família e, anos mais tarde, assumiu o papel de cuidadora da mãe.

Durante quatro anos cuidou da mãe em casa, assumindo a responsabilidade e encargos financeiros que esta tarefa pedia. Para estar ao lado da mãe com toda a dedicação possível, esta acabou por atrasar o desejo de também ela ser mãe. Desejo esse que se viu impedida de realizar depois de, na sequência da fase delicada que viveu, ter sido diagnosticada com pré-menopausa.

Leia Também: Liliana Campos declara-se à sobrinha: "Dou a vida por ti"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.