O cantor da "Ala dos Namorados" Nuno Guerreiro e um grupo de cinco amigos acabaram mal a noite de ontem, em Lisboa. Segundo a edição de hoje do "Correio da Manhã", eles estavam a tomar o pequeno-almoço numa pastelaria de Alcântara, desentenderam-se e armaram uma confusão dos diabos. Acabaram na esquadra.

O proprietário do café, Manuel Costa, contou que Nuno Guerreiro e acompanhantes passaram de uma conversa para azeda discussão e, depois, para confrontos físicos. De acordo com a mesma fonte, partiram o vidro da montra e arremessaram cadeiras, mesas, copos e pratos. "Até uma máquina de brindes para crianças partiram", contou Manuel Costa. Três carros estacionados à porta da pastelaria também ficaram danificados e dois elementos do grupo de arruaceiros foram parar ao hospital.

A polícia foi chamada de imediato ao local, tendo algemado e levado o grupo dos seis para a esquadra, onde foram identificados e, mais tarde, postos em liberdade.

Um procedimento criminal contra eles depende agora da formalização de queixas por parte dos lesados, mas o proprietário do café já disse que, se lhe pagarem os estragos, não avança com o processo.

Nuno Guerreiro não está disponível para comentar o incidente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.