O mais velho dos cinco filhos de Pedro Lima, João Francisco Lima, decidiu juntar-se à IVORY Lisbon para ajudar a "promover a importância da saúde mental", divulgando uma linha de roupa que tem em vista "a sensibilizaçao do tema e a quebra do estigma". O gesto de João surge cinco meses depois de ter perdido o pai, que se suicidou, acredita-se, devido à luta contra a depressão.

Anna Westerlund, mulher de Pedro Lima e madrasta de João, não ficou indiferente a este gesto, que fez questão de parabenizar.

"Tenho muito orgulho nos nossos filhos. Não existe saúde sem saúde mental. Cerca de 800 mil pessoas morrem de suicídio a cada ano, sendo essa a segunda principal causa de morte em pessoas com idade entre 15 e 29 anos", começou por referir a ceramista.

Defendendo que se torna "urgente que se fale de saúde mental e de depressão sem tabus", Anna Westerlund aborda o caso concreto do marido e revela: "O Pedro estava a ser seguido por um psicólogo e um psiquiatra em consultas on-line. Tinha uma vontade enorme de se tratar. Há medicamentos que têm como possível efeito secundário o suicidio. Se o diz, é porque em algumas pessoas causará esse efeito. Isto é um facto não é uma especulação".

Por fim, a mulher de Pedro Lima apela ao fim estigma e preconceitos sobre a saúde mental e a depressão.

"A depressão tem várias formas de existir, pode ser mais ou menos 'fulminante', mais ou menos visível aos olhos dos outros, pode ser mais ou menos silenciosa.É importante falar de certas doenças sem associar estigmas. É importante percebermos que quem tem SIDA nãopromíscuo, que quem tem diabetes não são os gulosos e que quem tem uma depressão não está na falência. Perceber que todos sem excepção estamos susceptíveis de um momento para o outro de ultrapassarmos o nosso limite, porque ninguém sabe qual é o seu gatilho. A depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo.Para quem está do lado de fora por vezes não consegue perceber, para quem sente por dentro por vezes é difícil de explicar.O que falta, é falar sobre isto. Sem tabus", termina.

Veja abaixo o texto completo:

Pedro Lima e Anna Westerlund, recorde-se, tiveram quatro filhos em comum: Emma, de 16 anos, Mia, de 13, Max, de dez, e Clara, de quatro.

Leia Também: Filho de Pedro Lima fez tatuagem em tributo ao pai

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.