Anna Westerlund fez uma publicação na sua conta de Instagram na qual, em tom de desabafo, revela uma das coisas que a ajudou a superar a morte do marido, Pedro Lima: as caminhadas.

"Depois do Pedro morrer comecei a caminhar, acompanhada ou sozinha as caminhadas tornaram-se momentos indispensáveis na minha vida", notou.

"A caminhar clarifico ideias, intensifico emoções, respondo a perguntas e procuro paz e força", nota.

Entretanto partilha uma descoberta que fez esta semana: "Quando me senti mais tranquila resolvi voltar para trás e fazer o mesmo caminho mas de regresso, que é mais duro a subir, talvez por isso o tenha sempre evitado. E o que descobri? Que o caminho ao contrário é um dos caminhos de Santiago. Nunca teria visto as setas senão tivesse escolhido fazer o caminho mais duro de regresso".

Por fim deixa uma nota: "Antes que venham as críticas, caminho onde há zero pessoas e sim são essências para o meu bem estar mental. Egoísta? Talvez. Mas quando o nosso egoísmo não colide com a liberdade dos outros e é em consciência com o que se está a passar é altruísmo para com a nossa alma".

Leia Também: Mulher de Pedro Lima de coração cheio após entrevista de filho do ator

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.