Morreu Olivia de Havilland, atriz da 'era dourada' de Hollywood, vencedora de dois Óscares da Academia, três semanas depois de ter completado 104 anos de idade. A artista, de nacionalidade americana, britânica e francesa, morreu durante o sono, no sábado, em sua casa, em Paris.

De acordo com a sua representante, citada pelo Hollywood Reporter, Olivia morreu de causas naturais.

De Havilland chegou à ribalta com filmes como 'Captain Blood' (1935) ou 'The Adventures of Robin Hood' (1938), mas o seu papel mais conhecido será o de Melanie Hamilton Wilkes no filme 'E Tudo o Vento Levou' (1939), para o qual recebeu a primeira de cinco nomeações aos Óscares, como Melhor Atriz Secundária. Era a última 'estrela' viva do elenco.

O seu reconhecimento pela Academia chegaria, porém, mais tarde, sempre como Melhor Atriz: primeiro pelo filme 'To Each His Own' (1946) e depois pelo filme 'The Heiress' (1949).

Notícias ao Minuto

Olivia como Melanie Hamilton Wilkes, no filme 'E Tudo o Vento Levou'© Reprodução

'E Tudo o Vento Levou', baseado no livro com o mesmo nome de Margaret Mitchell, publicado em 1936, é um romance histórico, que tem como figuras centrais Scarlett O'Hara (interpretada por Vivien Leigh) e Rhett Butler (Clark Gable). Foi vencedor de oito Óscares.

Leia Também: Morreu Peter Green, e guitarrista dos Mac

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.