Meghan Markle continua a defender uma das causas pela qual deu a voz recentemente através de uma carta aberta que escreveu - o direito à licença paga de paternidade nos Estados Unidos.

A propósito do assunto, a revista People noticia que a duquesa de Sussex, de 40 anos, doou cartões de oferta do Starbucks aos empregados da associação PL+US, que está a lutar pela legalização da licença em 2022 no país.

Os cartões de oferta foram entregues em nome da Archewell Foundation, organização de caridade criada por Meghan e pelo marido, o príncipe Harry.

Um gesto que foi reconhecido nas redes sociais por um dos funcionários. "A duquesa de Sussex (aka Meghan Markle) trouxe a toda a gente da Paid Leave US alguns copos de café enquanto estamos a trabalhar na #SavePaidLeave. Incrivelmente elegante... e necessário. Verdadeiramente honrado por saber que ela nos apoia na luta para ganharmos a licença paga a todos", escreveu Neil Sroka no Twitter.

Leia Também: Meghan Markle lembra infância com dificuldades em carta a políticos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.