O drama que Meghan Markle vive por causa da família ainda está longe de terminar. Segundo as mais recentes informações, é altamente improvável que a duquesa de Sussex se reconcilie com o pai, Thomas Markle, em breve.

Na verdade, o progenitor de Markle não é muito bem visto pela família real. Desde ter vendido fotografias aos paparazzi, até às inúmeras entrevistas que deu a tabloides sobre o passado da filha, as ações de Thomas não têm ajudado em nada, garante a imprensa.

Por isso, e segundo a comentadora da realeza, Victoria Arbiter, do 9 Honey, Meghan está a tentar manter a máxima distância possível do pai. “Algumas das coisas que ele disse foram emocionalmente abusivas”, justifica. “Tem sido ameaçador, frio, assim como embaraçador e humilhante – todo o tipo de conotação negativa que se possa dar”, sublinhou.

Para piorar as coisas, Arbiter afirma que alguns dos aspetos referidos publicamente por Thomas em entrevista não correspondem exatamente à verdade. Um exemplo disso é que a realeza sempre lhe prestou apoio e que, inclusive, chegou a enviar uma equipa para o levar ao aeroporto do México.

De recordar que na última entrevista que deu, Thomas Markle confessou que desligou o telefone 'na cara' do príncipe Harry.

Ou seja, um bom relacionamento entre pai e filha ainda não está à vista...

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.