Meghan Markle fez pelo menos 13 viagens para fora do Reino Unido desde que começou a namorar com o príncipe Harry.

Estas são informações que contrariam o que a própria disse na entrevista a Oprah Winfrey na qual referiu que o seu passaporte lhe foi retirado assim que integrou a família real britânica.

"Quando me juntei àquela família essa foi a última vez, até vir para aqui, que vi o meu passaporte, a minha carta de condução, as minhas chaves", notou Meghan.

Contudo, fontes revelaram ao jornal The Sun que a ex-atriz visitou, pelo menos, 10 países diferentes como turista durante o tempo em que viveu no Reino Unido, sendo que para isso seria necessário o passaporte.

Tirando a rainha Isabel II, este informante dá conta que todos os membros da realeza precisam do documento para fazer as respetivas viagens.

No caso de Meghan, quando começou a namorar com Harry, esta chegou a ir a Nova Iorque, a Ibiza, ao Botswana, a Itália e a Amesterdão.

É ainda explicado que a realeza apenas pedia os documentos para os guardar como garantia de segurança, de forma a que os mesmo não caíssem nas mãos erradas.

Questiona-se agora se era a esta medida que Markle se referia...

Leia Também: Racismo: Líder de coro afro-americano defende príncipe Carlos

Leia Também: SIC vai transmitir a entrevista de Oprah Winfrey a Meghan Markle e Harry

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.